SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

sábado, 19 de janeiro de 2013

CRIMINALIDADE EM ALTA NO RS


ZERO HORA 19/01/2013 | 08h05


SÃO LUIZ GONZAGA - Mulher é morta durante baile. Adriana de Oliveira, 39 anos, foi ferida com um tiro

Um baile de São Luiz Gonzaga, nas Missões, terminou em tragédia na madrugada deste sábado. Adriana de Oliveira, 39 anos, foi morta com um tiro enquanto se divertia em um clube, no centro município. De acordo com a Brigada Militar, dois homens teriam brigado durante a festa e foram levados pelos seguranças para fora do local. Por volta das 3h30min, um deles retornou à frente do baile armado e disparou na direção do outro.O tiro atingiu Adriana, que também estava na festa. Ela foi socorrida e encaminhada ao hospital, mas não resistiu ao ferimento.

PELOTAS - Homem é morto

Vítima foi atingida com cinco disparos na localidade de Sítio Floresta, outro se feriu. Um homem ainda não identificado foi morto com cinco disparos por volta das 4h45min deste sábado em Pelotas, na localidade de Sítio Floresta. Outro homem também não identificado ficou ferido com um tiro no braço. De acordo com a Brigada Militar, ninguém foi preso.


ZERO HORA ONLINE 18/01/2013

PORTO ALEGRE - Roubo de carro. Filho de ex-comandante da Brigada Militar é assaltado e baleado na Capital. Carro foi roubado na zona norte de Porto Alegre e recuperado em Canoas


Por volta das 21h40min desta sexta-feira, o filho do ex-comandante-geral da Brigada Militar coronel Paulo Roberto Mendes teve o carro roubado e foi baleado na zona norte de Porto Alegre. Dois homens teriam o abordado na Avenida Ernesto Neugebauer, bairro Humaitá, e levaram o veículo da marca Peugeot. O filho do coronel foi atingido por um tiro na perna e está sendo atendido no Hospital de Pronto Socorro (HPS) de Porto Alegre. Após ser avisada, a Brigada Militar (BM) localizou o veículo no bairro Rio Branco, em Canoas, na Região Metropolitana. Os bandidos não foram encontrados no local e equipes das policiais militar e civil realizam buscas. Avisado pelo próprio filho do ocorrido, o coronel Mendes comenta que o filho havia saído de carro com a namorada da residência dele no bairro Centro e a levaria para casa. Ainda nesta noite, a família viajaria para o Interior do Estado.

PORTO ALEGRE - Polícia encontra corpo enterrado em matagal no Bairro Mario Quintana

Após denúncias, agentes localizaram cadáver na Rua Justino Martins


Foto: Carolina Rocha / Diario Gaucho

Carolina Rocha

PMs do 20º BPM encontraram nesta sexta-feira um corpo enterrado junto a um matagal na Vila Safira, Bairro Mario Quintana, em Porto Alegre.O comandante do 20º BPM, tenente-coronel Jeferson de Barros Jacques, já havia recebido denúncias e solicitou aos policiais do serviço de inteligência do batalhão que fizessem buscas. O corpo foi localizado pouco depois das 10h na Rua Justino Martins. A polícia suspeita que o cadáver seja de um homem de 22 anos que desapareceu no dia 9 de janeiro, quando foi raptado no ferro-velho em que trabalhava,


BARÃO - Trio assalta banco e faz reféns

ÁLISSON COELHO | BARÃO - A visão das armas de grosso calibre foi suficiente para que os vigilantes não esboçassem nenhuma reação.

Três assaltantes iniciaram o roubo na agência do Banrisul de Barão, na Serra, na tarde de ontem. Na fuga, fizeram dois reféns. Eram 12h15min quando os assaltantes estacionaram um Fiesta preto em frente à agência, nas margens da RSC-470. Ao chegarem à porta do banco, com armas que pareciam fuzis, os assaltantes mandaram que os dois vigilantes abrissem a porta. Entraram gritando e anunciaram o assalto. Haviam quatro funcionários e apenas um cliente naquela hora. Todos tiveram de se deitar no chão. Uma mulher, vigilante de uma empresa contratada, foi ferida com uma coronhada. Em seguida, os assaltantes começaram a pegar o dinheiro. Os bandidos fugiram na direção do Vale do Caí. Cerca de 800 metros depois, o motorista perdeu controle em uma curva. Os assaltantes saíram do carro no momento em que dois funcionários de uma empresa de telefonia passavam por uma estrada próxima com uma Kombi. Eles foram rendidos e usados como reféns dos assaltantes. Os bandidos fugiram na direção de Vespasiano Corrêa, onde abandonaram os dois reféns. A Kombi foi abandonada em Bento Gonçalves.


TRIUNFO - Oficial da reserva mata dois bandidos

MATHEUS PIOVESAN

Não foi durante os 30 anos na ativa da Brigada Militar (BM) que um tenente-coronel de Porto Alegre trocou tiros com bandidos. Ele viveu essa experiência 15 anos após se aposentar, na quinta-feira. O policial reformado de 63 anos, que pediu para não ser identificado, entrou em confronto e matou dois assaltantes em um mercado na erma localidade de Ponta Rasa, a cerca de 50 quilômetros do centro de Triunfo. Trajava apenas bermuda, camisa de botões aberta e tênis – a farda já foi guardada no armário. Por volta das 21h, ao caminhar na estrada em frente a sua chácara, que visita semanalmente, o tenente-coronel foi abordado por um homem, portando uma arma de calibre 38, que o coagiu a entrar no pequeno mercado onde estavam sendo feitos reféns, por outro criminoso, a dona do estabelecimento comercial e dois clientes. Numa reação instintiva, o oficial que atuou em Taquara, Osório, Novo Hamburgo, Guaíba e Montenegro se desvencilhou do homem, sacou a própria arma, uma pistola calibre .40, e atirou contra o bandido, que revidou. Ao ouvir o barulho, o outro assaltante saiu do mercado e começou a disparar. Houve troca de tiros. Devido à pouca iluminação e à falta dos óculos, que estavam guardados no bolso da bermuda, naquele momento o tenente-coronel apenas notou que os dois homens fugiram baleados. A dupla foi encontrada morta, um pouco mais tarde, nas proximidades, por agentes da BM que atenderam à ocorrência. Até o final da tarde de ontem, apenas um dos dois assaltantes havia sido identificado. Segundo o major Marcus Vinicius Souza Dutra, responsável pelo 5º Batalhão de Polícia Militar de Montenegro, Alexandre Aguiar de Oliveira, 24 anos, tem passagens pelo Presídio Central de Porto Alegre e pela Penitenciária Modulada de Osório por homicídio e porte ilegal de arma. Ele estava em liberdade desde julho. A delegacia da Polícia Civil de Triunfo ficará encarregada da investigação para averiguar as circunstâncias do caso.
Postar um comentário