SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

CRIMINALIDADE NO RS

ZERO HORA 22 de janeiro de 2013 | N° 17320

GARIBALDI. Homem de 60 anos é morto em assalto

Um homem de 60 anos foi morto no começo da tarde de ontem, em Garibaldi. Segundo informações da Brigada Militar, Domingos Serrudo do Prado estava dirigindo quando foi abordado por dois homens armados e de toucas ninja em uma via de acesso ao bairro Fenachamp. Os dois homens anunciaram o assalto. A polícia acredita que houve luta corporal. Conforme informações de testemunhas, houve um disparo de arma de fogo. O corpo de Serrudo foi abandonado na rua e o carro dele foi encontrado capotado em uma curva nas proximidades da localidade de Vila Rica, no interior de Farroupilha.

ALVORADA - Joalherias viram preocupação

É quando as portas do comércio de Alvorada se abrem, às 9h, que proprietários e funcionários das óticas e joalherias ao longo da Avenida Presidente Getúlio Vargas, que cruza a cidade, sentem mais medo. A justificativa, segundo os próprios comerciantes, está nos assaltos frequentes que ocorrem, exatamente, no início da manhã. Os dois mais recentes foram ontem e no sábado. Ontem, uma joalheria do bairro Bela Vista foi atacada. Três bandidos renderam os funcionários logo após a loja abrir. No sábado, o alvo foi uma joalheria com 22 anos de existência, no Centro. Segundo o proprietário, que pediu para não ser identificado, os três bandidos entraram no estabelecimento às 9h10min. Em cinco minutos, os bandidos levaram joias e relógios.

– A primeira hora de trabalho é a pior de todas, pois os bandidos estão acostumados a assaltar as lojas entre 9h e 10h – afirma o proprietário.

Comandante do 24º BPM (Alvorada), o major Marcelo Couto de Souza diz que a BM tem uma patrulha para a área comercial, que começa a atuar nas ruas por volta das 9h30min, mas informa que o trabalho pode se iniciar mais cedo.

CANELA - Bandidos mantêm refém por nove horas

Uma mulher de 27 anos sequestrada ao chegar ao sítio da família na localidade de Poço da Faca, em Canela, por volta das 20h do último domingo, foi libertada às 5h de ontem. Ladrões encapuzados invadiram a casa, amarraram o dono da propriedade e roubaram uma caminhonete, onde levaram a vítima. O bando chegou a manter contato com a família, na tentativa de conseguir dinheiro pelo resgate da vítima. Sem sucesso, decidiram liberar a mulher em Sapiranga. Policiais localizam dois dos responsáveis pela ação, mas um deles fugiu. O preso foi identificado como Paulo César Rodrigues de Almeida de Oliveira, 23 anos.

PORTO ALEGRE - Fuzil AR-15 é encontrado na Capital

Policias militares que atenderam a um caso de violência contra mulher acabaram apreendendo uma arma de guerra em uma casa do bairro Cavalhada, na zona sul de Porto Alegre, ontem. O fuzil americano AR-15, usado por forças armadas, estava na casa onde moram a vítima e o suspeito de agressão. Uma pistola calibre 0.40, de uso restrito, uma garrucha e 202 balas – de oito diferentes calibres –, 82 delas do tipo 5.56, de AR-15, também foram encontradas. O nome do suspeito não foi divulgado por não haver indiciamento.


PORTO ALEGRE - ATAQUE EM SHOPPING. Imagens incriminam presos após assalto. Vídeo ajudou a polícia a identificar criminosos que atacaram em joalheria

Uma nova análise nos vídeos das câmeras de segurança do Praia de Belas Shopping, ontem, confirmou a participação de duas das cinco pessoas presas na última sexta-feira no assalto à joalheria Coliseu. Um sexto envolvido foi preso sábado. Na quinta-feira, dia do ataque, agentes da Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) tinham analisado as imagens, que ajudaram na identificação dos criminosos, complementadas pelo depoimento de testemunhas e pela confissão dos envolvidos. De acordo com o delegado Juliano Ferreira, responsável pela investigação, uma análise mais minuciosa dos vídeos não deve trazer fatos novos, umas vez que todos os suspeitos já foram identificados. Segundo ele, duas pessoas ainda são procuradas. A joalheira foi atacada depois de os criminosos tomarem como reféns a subgerente da loja e seu companheiro, em Viamão, na noite de quarta-feira. Eles foram levados para dois cativeiros diferentes. Na manhã do ataque, uma das assaltantes seguiu com a subgerente em um táxi até a joalheria, onde outros funcionários foram rendidos. Joias e outras mercadorias foram levadas. O Deic afirma não ter localizado o produto roubado, mas há informações de que ele seria entregue a um receptador de Novo Hamburgo. O prejuízo com o assalto também não foi informado.

QUEM JÁ FOI PRESO - Suzielen Santos de Ávila, 20 anos – Apontada como a mulher que chegou ao shopping em um táxi com a subgerente da loja. Jonas Antonio Avila da Luz, 21 anos – Companheiro de Suzielen, seria o responsável por atacar a casa das vítimas em Viamão e cuidar da logística enquanto o casal era mantido em cativeiro. Suzielen e Jonas teriam conversado constantemente por telefone durante todo o sequestro e já confessaram o crime. Aline Vargas Kasper, 21 anos – Teria ajudado a manter as vítimas no cativeiro. Ilana Lima da Silva, 24 anos – Teria ajudado a manter as vítimas no cativeiro. Adolescente de 16 anos – Teria ajudado a manter as vítimas no cativeiro. Mario Jablonski, 55 anos – Preso no último sábado, seria um dos mentores de toda a ação, junto à suspeita ainda desaparecida.

OS PROCURADOS - Uma mulher que teria ajudado no planejamento do assalto, além de ser quem receptaria e daria destino às joias. Um homem responsável por dar apoio logístico ao grupo durante a ação criminosa.







Postar um comentário