SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

PASSEIO TRÁGICO

ZERO HORA 16 de janeiro de 2013 | N° 17314

Câmera de segurança flagrou morte de gaúcha

FERNANDA DA COSTA

A Polícia Civil do Rio de Janeiro aposta na análise das imagens de câmeras de segurança para tentar identificar o homem que matou a turista gaúcha Dulcinéia Carpenedo Signor, 40 anos, na noite de domingo. Ela foi baleada quando retornava de um passeio com a família, em Duque de Caxias.

Odelegado Cláudio Vieira, titular da 59ª Delegacia de Polícia de Duque de Caxias, afirma que a investigação teve acesso às imagens das câmeras de segurança da rua onde o crime aconteceu, mas que a má qualidade do material impediu a identificação do atirador e a motocicleta usada por ele.

– Como a gravação é de longe, não há nitidez. Encaminhamos essas imagens para um setor especializado, para que eles possam melhorar o material – relata o delegado.

Um dos irmãos e o marido da vítima, que não testemunharam o crime, prestaram depoimento. A Polícia Civil aguarda o relato dos familiares que presenciaram a ação e não tiveram condições de falar.

– Ainda não sabemos se foi um latrocínio, uma briga de trânsito ou se o atirador tinha intenção de matar alguém– diz Vieira.

O delegado explica que, no momento do crime, por volta das 22h, não havia muitas pessoas na rua, mas uma equipe trabalha para localizar testemunhas. Dulcinéia estava em uma Hilux com a família quando um homem que dirigia uma motocicleta sem capacete atirou na direção do veículo e a atingiu. Ferida nas costas, ela foi encaminhada ao hospital, mas não resistiu. A gaúcha viajou com marido para visitar os irmãos.

Segundo a família, o corpo de Dulcinéia, que era funcionária de uma escola, deveria chegar ao aeroporto de Chapecó (SC) à 1h de hoje. Depois, seria transportado em um carro fúnebre até Sarandi, onde ela residia. O velório será realizado na manhã de hoje, quando a gaúcha completaria 41 anos, na capela do distrito de Barreirinho.

Postar um comentário