SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

terça-feira, 5 de março de 2013

ESPANCAMENTO DE JOVEM

Imagem ilustrativa de uma ocorrência na saída de uma boate em Jaraguá do Sul (SC)



ZERO HORA 05 de março de 2013 | N° 17362

NA SAÍDA DA FESTA

Polícia investiga espancamento de jovem em Encruzilhada



A Polícia Civil de Encruzilhada do Sul, no Vale do Rio Pardo, investiga a agressão a um jovem de 18 anos, ocorrida na madrugada de domingo. Segundo os investigadores, Jhonatan de Quadros estava saindo de uma festa no Clube Cancioneiros, por volta das 5h, quando teria sido agredido por pelo menos quatro jovens.

Devido à gravidade dos ferimentos, o rapaz foi transferido em coma para o Hospital Cristo Redentor, na Capital, onde já passou por três cirurgias e está em recuperação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O inspetor Luiz Fernando Cardoso de Freitas afirma que já identificou suspeitos, com ajuda de testemunhas, mas a polícia ainda busca provas.

COMENTÁRIO DO BENGOCHEA - É a impunidade que estimula a violência e esta não foge a regra. Está na hora das autoridades e da sociedade organizada acordarem e começarem a tratar de endurecer as leis e criar um Sistema de Justiça Criminal ágil, coativo, independente e forte para conter a evolução da violência e da criminalidade no Brasil.
Postar um comentário