SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

segunda-feira, 18 de março de 2013

MANIFESTAÇÃO CLAMA POR SEGURANÇA EM PORTO ALEGRE

ZERO HORA 17/03/2013 | 20h24

Caminhada pelo bem

Manifestação no Parque Farroupilha clama por segurança na Capital. Encontro foi organizado por familiares e amigos de estudante universitária morta na segunda-feira



Cartazes e camisetas com a foto de Lauane Custódio Lucas foram levados na caminhadaFoto: Fernando Gomes / Agencia RBS


Uma manifestação denominada "Caminhada pelo bem" reuniu centenas de pessoas no começo da tarde deste domingo na Capital. Organizado por familiares e amigos da estudante universitária Lauane Custódio Lucas, 22 anos, morta na segunda-feiraquando chegava em casa, o encontro realizado no Parque Farroupilha (Redenção) com o objetivo de clamar por mais segurança na cidade.

Com faixas, cartazes e camisetas com a foto de Lauane e os dizeres "beijos de leite" — expressão usada por ela para se despedir — as pessoas realizaram uma caminhada pelas proximidades da Redenção. No Monumento ao Expedicionário foi feito um círculo de oração e palmas foram dadas em homenagem à jovem. Vítima de uma tentativa de assalto, Lauane morreu com um tiro na altura do pescoço, no portão do prédio onde residia, na Rua São Luiz, bairro Partenon. Na madrugada de sexta-feira, três adultos foram presos preventivamente e um adolescente foi apreendido após se entregarem à polícia como autores do crime.

De acordo com Jean Michel Rodrigues Iponema, 23 anos, amigo de infância de Lauane, um abaixo-assinado, pedindo por ações que tragam mais segurança à sociedade, será entregue nesta terça-feira pelo pai da estudante ao secretário estadual de Segurança Pública, Airton Michels.
Lauane Custódio Lucas, 22 anos
Foto: Arquivo Pessoal


ZERO HORA 18 de março de 2013 | N° 17375

“CAMINHADA PELO BEM” - Ato por mais segurança
Uma manifestação denominada “Caminhada pelo bem” reuniu centenas de pessoas no começo da tarde de ontem na Capital. Organizado por familiares e amigos da universitária Lauane Custódio Lucas, 22 anos, morta na segunda-feira, o encontro realizado na Redenção teve o objetivo de pedir mais segurança. Com faixas, cartazes e camisetas com a foto de Lauane, os participantes realizaram uma caminhada. No Monumento ao Expedicionário, houve um círculo de oração, e palmas foram dadas em homenagem à jovem. Vítima de uma tentativa de assalto, Lauane morreu com um tiro na altura do pescoço, no portão do prédio onde residia, no Partenon. Na sexta-feira, três adultos foram presos preventivamente, e um adolescente foi apreendido após se entregarem à polícia como autores do crime.

Um abaixo-assinado pedindo por ações que tragam mais segurança deve ser entregue amanhã ao secretário estadual de Segurança Pública, Airton Michels.
Postar um comentário