SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quinta-feira, 21 de março de 2013

MISTÉRIO NO SINOS


ZERO HORA 21 de março de 2013 | N° 17378

ESTÂNCIA VELHA - Representante comercial é morto após pagamento. Homem de 57 anos foi baleado depois de receber R$ 2,5 mil, mas o dinheiro foi deixado por bandidos


O assassinato de um representante comercial intriga a Polícia Civil de Estância Velha, no Vale do Sinos. Jair Luiz Werb, 57 anos, foi morto a tiros na noite de terça-feira, logo após receber um pagamento, e teve o carro roubado. A principal hipótese é de latrocínio (roubo com morte). No entanto, o veículo, a quantia em dinheiro e o celular da vítima foram encontrados pela polícia logo após o crime.

De acordo com o delegado Luiz Fernando Nunes da Silva, Werb morava em Novo Hamburgo e atuava no setor calçadista – a vítima representava um empresa de sola de sapatos. Na noite de terça, o representante comercial teria visitado um amigo na cidade vizinha de Estância Velha, onde receberia um pagamento de R$ 2,5 mil. Por volta das 22h, Werb foi encontrado baleado por moradores a uma quadra da casa do amigo.

A vítima chegou a ser socorrida e levada ao Hospital Getúlio Vargas, mas morreu por volta da meia-noite. O dinheiro e o celular foram encontrados pela polícia no bolso de Werb, e a caminhonete Hilux que ele dirigia foi encontrada a aproximadamente um quilômetro do local do crime.

– A principal hipótese é latrocínio, porque houve o roubo, mesmo que o veículo foi abandonado. Mas vamos verificar todas as possibilidades e tentar descobrir qual a intenção do crime – esclarece Silva.

VANESSA KANNENBERG


Polícia busca motivação de crime


Segundo o delegado, não foram encontradas testemunhas que viram a ação, apenas alguns moradores que ouviram os disparos e que socorreram o baleado. Eles já foram ouvidos, e familiares da vítima devem ser chamadas a depor. Além disso, o resultado da necropsia e da perícia no carro roubado podem fornecer outras pistas.

Ainda não há suspeitos do crime – a polícia não sabe quantos bandidos participaram do ataque. Em princípio, de acordo com os investigadores, o amigo a quem o representante comercial havia visitado não é considerado suspeito. Detalhes da vida de Werb ainda não foram apurados pela polícia, que tenta descobrir se ele tinha desafetos. De acordo com familiares de Werb, não há outros motivos para o assassinato.

– Ele era uma pessoa do bem, viajava sempre pela região a trabalho e nunca aconteceu nada. Infelizmente, deve ter sido vítima de um roubo – afirmou Anderson Klein, genro do representante comercial.

Jair Luiz Werb era casado e tinha duas filhas, de 23 e 27 anos. O velório foi realizado na funerária Krause, de Novo Hamburgo, e o enterro está previsto para as 10h de hoje, no Cemitério Luterano do município.


OUTRO CRIME


TIETÊ/SÃO PAULO - VÍTIMA DE EMBOSCADA - Sobrinho-neto de Temer é morto


Um sobrinho-neto de Michel Temer foi morto com um tiro na tarde de terça-feira em Tietê (SP), cidade natal do vice-presidente da República. Antônio Romano Tamer Schincariol, 34 anos, dirigia o carro em uma via de pouco movimento quando foi atingido por um tiro. Os assassinos estavam de campana aguardando o empresário sair do trabalho, informou a Polícia Civil. O delegado Jorge Vasconcelos ainda analisa várias hipóteses de motivação para o crime, inclusive “motivos fúteis”. O corpo do empresário foi sepultado ontem.
Postar um comentário