SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

sábado, 30 de março de 2013

TRÊS TAXISTAS SÃO EXECUTADOS EM PORTO ALEGRE

CORREIO DO POVO 30/03/2013 11:39

Polícia confirma execução de três taxistas em Porto Alegre. Assassinato de motorista na zona Norte da Capital gerou protesto



Veículo foi abandonado no bairro Auxiliadora
Crédito: Fabiano do Amaral


A polícia confirmou que três taxistas foram executados, com tiros na cabeça, na madrugada deste sábado em Porto Alegre. Além de Cláudio Gomes, 59 anos, foram mortos a tiros Eduardo Ferreira Haas, de 31 anos, e Edson Roberto Loureiro Borges, de 50 anos.

Haas foi encontrado morto, com pelo menos dois tiros na cabeça, por volta das 2h na rua São Jerônimo, bairro IAPI. Ele ficava em um ponto na avenida Assis Brasil, em frente à Igreja São José. O veículo Corsa Classic que ele conduzia foi abandonado na rua Mata Bacelar, no bairro Auxiliadora.



Já Borges, que conduzia um Passat e atuava em uma empresa de tele-táxi, foi localizado na rua Dos Nautas, na Vila Ipiranga. O veículo foi abandonado na rua Bogotá, entre os bairros Jardim Lindóia e São Sebastião.

Em decorrência da morte de Cláudio Gomes – primeiro taxista encontrado morto – motoristas realizaram um protesto em Porto Alegre. Uma nova manifestação da categoria está prevista para a tarde deste domingo. Uma carreata “pacífica” deverá deixar o Largo Zumbi do Palmares a partir das 17h.

A Brigada Militar e a Polícia Civil investigam se haveria relação entre os crimes. Com essas ocorrências, o número de mortes de taxistas já se iguala ao total do ano passado, de acordo com dados do Sindicato dos Taxistas de Porto Alegre (Sintáxi).

Tarso promete mais rigor nas barreiras policiais

Por volta das 5h, mais de 50 taxistas bloquearam a avenida Ipiranga, nos dois sentidos, nas proximidades do Palácio da Polícia. Mais tarde, o grupo foi até até a casa do governador Tarso Genro, no bairro Rio Branco. O governador recebeu lideranças do movimento que pedia maior segurança para a categoria. Tarso prometeu mais rigor nas barreiras policiais realizadas na Capital e uma reunião entre representantes do Sindicato dos Taxistas de Porto Alegre (Sintáxi) e as forças de Segurança Pública foi marcada para quarta-feira, no Palácio Piratini.

Ao término do encontro, Tarso anunciou que manterá diálogo constante com a categoria. Segundo ele, as falhas na segurança pública são históricas, porém adiantou que medidas de aprimoramento estão sendo adotadas. Os taxistas exigiram que as barreiras policiais sejam intensificadas, tendo como alvo os passageiros. Alegam que, atualmente, apenas os condutores dos táxis são abordados pelos policiais militares. O governador, de imediato, anunciou duas mudanças: os passageiros serão inspecionados e as barreiras mudarão de locais.

Fonte: Correio do Povo
Postar um comentário