SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

terça-feira, 2 de abril de 2013

FORAGIDO É EXECUTADO A TIROS EM ÔNIBUS LOTADO

ZERO HORA, 2 de abril de 2013 | N° 17390

PÂNICO A BORDO. Execução em ônibus lotado


Um ônibus lotado de estudantes foi o local escolhido para um possível acerto de contas pouco depois do meio-dia de ontem, na Vila Safira, bairro Mario Quintana, zona norte da Capital. O foragido Rafael Barbosa Martins, o Boi, 25 anos, foi morto com pelo menos três tiros de pistola 9 mm dentro do veículo da linha Passo do Dorneles.

Estima-se que até 80 pessoas estivessem no ônibus naquele momento. A suspeita é de que o atirador tenha embarcado na primeira parada da Avenida Ely Corrêa Prado. Antes da segunda parada, foram efetuados os tiros. O atirador escapou em meio aos passageiros que saíram em pânico. Em choque, o motorista ainda conduziu o veículo por algumas quadras, até parar diante da 18ª DP.

Segundo o delegado Francisco Antoniuk, Martins estava sentado no último banco. Os disparos foram praticamente à queima-roupa. A polícia já trabalha com pelo menos um suspeito. O caso será investigado pela 3ª Delegacia de Homicídios. De acordo com testemunhas, o atirador cumprimentou a vítima antes de sacar a arma.

A abordagem dentro do ônibus é um dos dados que a polícia trabalha para identificar o assassino. A suspeita é de que tenha sido um crime planejado por uma quadrilha de traficantes do bairro Mario Quintana. Martins estava foragido desde novembro do Instituto Penal de Viamão (IPV). Tinha contra si sete condenações por roubo, a maioria contra pedestres.

EDUARDO TORRES



Postar um comentário