SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quarta-feira, 10 de abril de 2013

POBRE MOTORISTA


ZERO HORA 10 de abril de 2013 | N° 17398

SUA SEGURANÇA | Humberto Trezzi

Está difícil ser motorista nas grandes cidades gaúchas. Não bastassem as constantes altas de combustível e as tranqueiras além da antipatia cada vez maior que o automóvel desperta em alguns o dono de carro tem de conviver com o constante medo de ser assaltado.

Foi-se o tempo em que desaparecer o carro, subtraído por ladrões, era a maior das preocupações do motorista. Hoje, nas grandes cidades gaúchas, a maioria dos automóveis é levada mediante assalto, à mão armada. Tanto que grande parte dos latrocínios atinge donos de veículos que se assustaram na hora do roubo e foram mortos pelo assaltante, por supor que a vítima iria reagir.

Pois a tudo isso é preciso acrescentar um dissabor: o preço do seguro. Quanto mais perigoso o local onde o carro foi emplacado, mais o cliente tem de desembolsar para as seguradoras. Em alguns casos, como no bairro Rubem Berta, o custo do seguro por ano equivale a quase 8% do valor do carro. Ao longo de cinco anos, quanto fica isso? Meio carro desembolsado em proteção? Aonde vamos parar com essa insegurança? É por isso que o delegado Juliano Ferreira tem um enorme desafio, o de ajudar a diminuir essas estatísticas do mal.
Postar um comentário