SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quinta-feira, 30 de maio de 2013

MORADORES LINCHAM ASSALTANTE


DESCRÉDITO NA JUSTIÇA, NAS LEIS E NO ESTADO: UM PERIGO SOCIAL

FOLHA.COM 30/05/2013 - 13h47

Após roubo, moradores de Pirituba lincham suspeito de assalto a bar

DE SÃO PAULO

Um suspeito foi linchado por moradores da região de Pirituba após tentar assaltar um bar na zona norte de São Paulo.

O caso aconteceu por volta das 23h20 da noite de quarta-feira (29) na avenida Alexios Jafet. Três homens entraram em um bar e anunciaram o assalto.

Segundo a polícia, duas pessoas que estavam no bar foram baleadas por um dos suspeitos. Após os tiros, frequentadores que estavam no bar conseguiram render o suspeito e o agrediram a pauladas até a morte.

Os outros dois suspeitos de participar da tentativa de roubo conseguiram fugir. As vítimas foram encaminhadas para o pronto-socorro do Hospital Geral de Taipas, na norte de São Paulo. Não havia informações sobre o estado de saúde delas.

A Polícia Militar foi acionada após o crime. Um revólver com numeração raspada foi apreendido no bar. O caso foi registrado no 33º Distrito Policial (Pirituba) como homicídio simples e tentativa de roubo.

A investigação será feita com o auxílio do DHPP (Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa).

VIOLÊNCIA


Em abril, conforme estatísticas divulgadas pela Secretaria de Estado da Segurança Pública de São Paulo, foi registrado na região de Pirituba cerca de 82 roubos e 145 furtos, excluídos os casos de furto de veículos. A polícia também registrou três casos de estupro e um de homicídio doloso --quando há a intenção de matar.

Na capital paulista, foram 95 homicídios em abril último enquanto no ano anterior foram 103 mortes, um decréscimo de 7,8%. Já na Grande São Paulo, excluindo a capital, foram, respectivamente, 85 e 87 homicídios no período, ou seja, um aumento de 2,3%.

Na comparação de janeiro a abril deste ano com 2012, o número de homicídios subiu 10,8% com o registro de 400 casos, ante 361 no ano passado.
Postar um comentário