SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quarta-feira, 8 de maio de 2013

OS FUNDAMENTOS DA BANDIDAGEM


O SUL Porto Alegre, Quarta-feira, 08 de Maio de 2013.


WANDERLEY SOARES

A captura de policiais como reféns está se transformando numa rotina

Um dos fatores de influência direta nos sucessos da bandidagem é o seu aproveitamento dos sistemas de comunicação modernos, seguido do uso de equipamentos que as organizações policiais só adquirem depois de complicadas licitações e sempre de forma incompleta. Os bandidos não têm problemas de se comunicarem entre si, inclusive a partir de suas celas na casas prisionais e nas suas rotas de fuga. Armas, capuzes, coletes balísticos, carros, também fazem parte de fundamentos que facilitam as ações de quadrilheiros na Capital e Região Metropolitana e, cada vez com mais intensidade, em municípios do interior do Estado, onde está começando a virar rotina a captura de policiais como reféns, o que é uma situação vexaminosa para a política da segurança da transversalidade gaúcha. Em verdade, os discursos que adornam os chamados "territórios da paz" estão beirando o sempre escorregadio e, por isso, perigoso, terreno da galhofa. Esta moldura está fazendo crescer a legião dos que defendem a filosofia de que bandido bom é bandido morto


Granada do Kiko

As instituições policiais do RS receberam, ontem, armas não-letais procedentes do programa de aparelhamento promovido pelo Governo Federal. Os equipamentos, como granada de efeito moral, balas de borracha, spray de pimenta, entre outros, somam investimento de 3,8 milhões de reais destinados aos Estados que sediarão os jogos da Copa de 2014. Em Porto Alegre, possivelmente, Kiko deverá explodir, simbolicamente, a primeira granada


Bandidos

Foram presos, ontem, dois homens acusados de arrombar agências dos Correios na região do Vale do Rio Pardo. As prisões ocorreram em Santa Cruz do Sul e Sapucaia do Sul. Em Santa Cruz os policiais apreenderam material que pode ser explosivo. Os dois sujeitos estariam presentes em cinco assaltos, inclusive nas agências dos Correios de Passo do Sobrado, Vale do Sol e Candelária


Barbárie

Um carteiro foi morto a tiros ao entregar uma carta de cobrança numa casa do bairro Vila Leon, em Caxias do Sul


Mães e namorados

Na manhã de ontem, o comandante do CPC (Comando de Policiamento da Capital), coronel João Diniz Prates Godoi, junto com comandantes de Batalhões de Porto Alegre, a delegada da Policia Civil, Adriana Gomes, Deic, reuniu-se com o gerente da Ajorsul (Associação do Comércio Joias Relógios Ópticas do RS) Mauro Harch, e representantes do ramo. O foi planejar a segurança no entorno dos estabelecimentos comerciais, no Dia das Mães, em maio, e Dia dos Namorados, em junho. Muito bom isso, mas de minha torre aponto, sempre como um humilde marquês, que mães e namorados existem em todos os dias do ano.

Postar um comentário