SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

domingo, 23 de junho de 2013

BANDIDOS FAZEM ARRASTÕES EM DOIS RESTAURANTES EM SP


Bandidos fazem arrastões em dois restaurantes da zona sul de SP. Casos aconteceram em Moema e no Morumbi na noite de sábado, 22

23 de junho de 2013 | 13h 40

Adriana Ferraz - O Estado de S. Paulo

SÃO PAULO - Dois restaurantes da zona sul de São Paulo sofreram arrastões na noite de sábado, 22. Em Moema, pelo menos quatro criminosos encapuzados invadiram a lanchonete The Fifties. No Morumbi, pela segunda vez no mês, o alvo foi o restaurante japonês Nakato.

No The Fifities, os bandidos levaram objetos pessoais de clientes que lotavam o restaurante por volta das 22h30 do sábado. O arrastão durou poucos minutos, segundo a polícia. Ninguém ficou ferido. Durante a ação, cerca de R$ 5 mil do caixa também foram levados pelos ladrões.

A quadrilha abordou pessoas que estavam no andar térreo da lanchonete, que fica na Alameda Juaperi, a duas quadras da Avenida Ibirapuera. Segundo a PM, pelo menos 15 clientes registraram o roubo, mas o número de vítimas pode ser maior. Os ladrões recolheram celulares, bolsas, joias e dinheiro e fugiram. Não há identificação da quadrilha, que não foi presa.

Imagens do circuito interno do estabelecimento devem ser requisitadas pela polícia durante a investigação. O caso foi registrado no 27º DP (Campo Belo), mas a apuração será conduzida pelo Departamento de Investigações ao Crime Organizado (Deic), que, por ordem do governador Geraldo Alckmin (PSDB), dispõe agora de uma divisão para "crimes especiais", como arrastões a restaurantes e condomínios.

No Morumbi, pela segunda vez no mês, o alvo foi o restaurante japonês Nakato. Dois homens armados assaltaram os clientes por volta de 22h30 de sábado. Ao passarem pelas mesas, recolheram bolsas, carteiras, documentos, relógios e cerca de R$ 3 mil em dinheiro dos clientes. Em seguida, fugiram em um carro que os aguardava bem próximo ao restaurante. Oito vítimas registraram boletim de ocorrência.
Postar um comentário