SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quinta-feira, 20 de junho de 2013

PROTESTO: RECOMENDAÇÃO DA PM DE SANTA CATARINA



Polícia Militar de Santa Catarina


RECOMENDAÇÕES AOS CATARINENSES

A livre manifestação do pensamento é um direito garantido pela Constituição que se reveste em um exercício inconteste da cidadania. Atenta e voltada a preservação desta garantia, a Polícia Militar de Santa Catarina vem acompanhando o desenrolar das manifestações sociais que vem acontecendo em nosso Estado desde a última terça-feira. Nesse sentido, recomendamos aos catarinenses as seguintes orientações:

a) Nestes locais de grande aglomeração, é possível que criminosos - que nada tem a ver com a manifestação - aproveitem-se do anonimato na multidão para provocar danos, depredação e outros atos de vandalismo. Por isso:

- Evite levar crianças para estes eventos;

- Não seja influenciado pela conduta de vândalos. Não apoie depredação, dano, ou qualquer outro ato violento;

- Denuncie os atos acima citados pelo telefone 190 ou pelo Twitter da @ P_M_S_C.

b) A você, que não deseja participar destes atos, considere que:

- Vias públicas podem ser bloqueadas sem aviso prévio e serviços como transporte coletivo podem ser interrompidos temporariamente. 

- Se você tem compromissos importantes, leve em conta estes fatores, planeje rotas alternativas e antecipe seus deslocamentos.

Como se vê, equalizar em harmonia o exercício da livre manifestação e o direito de ir e vir requer exaustiva habilidade e sintonia social, atributos dos quais nossa Corporação é portadora. 

Estamos atuando, portanto, mais uma vez, ao lado do povo catarinense. Existimos para proteger e não será diferente nestes dias que já fazem parte importante de nossa história. Conte sempre com nossa Polícia Militar de Santa Catarina, formada por pessoas do bem, para o bem das pessoas. 

Quartel do Comando-Geral em Florianópolis, 19 de junho de 2013.

NAZARENO MARCINEIRO
Coronel PM Comandante-Geral
PoliciaMilitar de Santa Catarina




Matéria indicada por Tarso Antônio Marcadella
Circula pelos moradores dentro da filosofia de Policia Interativa.
Postar um comentário