SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

sexta-feira, 14 de junho de 2013

PROTESTOS NO BRASIL REPERCUTEM NO MUNDO

CORREIO DO POVO 14/06/2013 11:25

Protestos no Brasil repercutem na imprensa internacional. Jornais descreveram cenas de guerra nas ruas de São Paulo



Jornais descreveram cenas de guerra nas ruas de São Paulo
Crédito: Mídia Ninja / Especial / CP


A série de protestos registrados em pelo menos três das principais capitais do Brasil, São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre, ganhou notoriedade nos jornais do mundo. As manifestações contra o reajuste das tarifas de transporte público viraram notícia em países como Argentina, Estados Unidos, Espanha e França, que repercutiram os confrontos entre manifestantes e policiais.

O jornal La Nacion, da Argentina, relata que o caos e o medo foram espalhados durante os protestos realizados no Brasil. A publicação destaca que a manifestação, organizada através das redes sociais, precisou ser contida com a ação da Policia Militar, que usou bombas de efeito moral e gás lacrimogêneo.

O site da CNN, emissora dos Estados Unidos, relata que pelo menos 100 pessoas ficaram feridas e outras 120 foram presas pela Polícia Militar de São Paulo. A publicação ainda cita que o protesto tomou as ruas da capital paulista justamente no dia em que o Brasil está há um ano da Copa do Mundo.




O The New York Times informou que alguns jornalistas foram presos durante a manifestação ocorrida na avenida Paulista. De acordo com o jornal, uma repórter foi ferida com uma bala de borracha. No Rio de Janeiro, conforme o jornal norte-americano, mil pessoas foram às ruas para protestar contra o aumento das passagens.

Para o El País, da Espanha, São Paulo viveu uma noite de protestos com cenas de guerra. O jornal cita a prisão de 250 pessoas que participaram da manifestação que tomou a avenida Paulista. A notícia destacou que no Rio os manifestantes chegaram até o Centro da cidade, onde a mobilização pacífica se transformou em uma batalha campal.

O Le Monde informou nesta sexta-feira que alguns manifestantes em São Paulo usaram coquetéis molotov durante o protesto na avenida Paulista. No Rio de Janeiro, o protesto reuniu ao menos 2 mil pessoas, segundo o jornal da França.





Fonte: Correio do Povo
Postar um comentário