SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

terça-feira, 30 de julho de 2013

ANARQUISTAS DOS PROTESTOS APRENDEM A FAZER MOLOTOV

REVISTA ÉPOCA- BLOG DO FELIPE PATURY

A base de treinamento da guerrilha urbana. Anarquistas dos protestos se reúnem no MT para fazer coquetel molotov

LEONEL ROCHA

28/07/2013 15h00 - Atualizado em 29/07/2013 19h23



GLADIADORES É assim que se autoproclamam os anarquistas das manifestações (Foto: Felipe Dana/AP)

Primeiro, a ONG Defensoria Social espalhou voluntários pelo país para defender manifestantes presos por vandalismo. Agora, os anarquistas também recebem treinamento de instrutores experientes. 

Nos fins de semana, os jovens se reúnem em cidades de Mato Grosso para fazer coquetel molotov e escudo de madeirite e produzir líquidos que anulam o efeito do gás lacrimogêneo. Nesses encontros, eles escolhem bancos e empresas multinacionais como alvos de depredação. 

Participam dessas reuniões os anarquistas Anonymous, Anarcopunk e Acción Directa, ex-militantes do MST, alguns dissidentes das Farc e remanescentes da guerrilha uruguaia Tupamaros e da Central Operária Boliviana. 

Os próximos atos de vandalismo como ação política estão previstos para o desfile de 7 de setembro e o Rock in Rio.

COMENTÁRIO DO BENGOCHEA - Enquanto os anarquistas se organizam, aprendem e treinam suas táticas terroristas, o Congresso, o Governo e o Judiciário se omitem e as leis permanecem condescendentes. Sobra para os policiais que arriscam a vida nos confrontos e para os cidadãos de bem que perdem patrimônio e ficam com suas vidas a mercê de atos terroristas impunes.
Postar um comentário