SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

sábado, 6 de julho de 2013

APENADOS EM FUGA

O SUL, 06/07/2013


A maioria dos foragidos saiu pelo portão da frente prometendo voltar e não voltou.

Segundo levantamento da Susepe (Superintendência dos Serviços Penitenciários), 2.077 presos fugiram do sistema carcerário gaúcho nos cinco primeiros meses de 2013. A maioria das fugas ocorre no regime semiaberto, 1.548, o que equivale a 74%. Outros 390 escaparam do regime aberto e 139 do fechado. A média cresceu na comparação com o semestre anterior. Foram 70 fugas a mais por mês. Em verdade, fugas de verdade foram dos 139 do regime fechado, pois os demais apenados saíram pelo portão da frente com a promessa e voltar e não voltaram. Sob os mais diferentes aspectos, o sistema penitenciário brasileiro, há décadas, está falido. Pior do que isso, as propostas de reestruturação, inclusive as colocadas pelo Judiciário, são paliativas, não apontam para solução.


Cabos


A Polícia Civil apreendeu, ontem, quase sete quilômetros de cabos de televisão por assinatura numa casa na avenida Barão do Amazonas, Zona Leste da capital. Dois rapazes foram presos.


Maçarico


Está sob investigação o arrombamento da agência do Banrisul de Rodeio Bonito, Norte do Estado. Um dos caixas eletrônicos foi danificado com maçarico. Os bandidos fugiram quando o alarme foi acionado


MP investiga


O promotor público Luiz Antonio Portela foi abordado, ontem, na área do 1 BPM, rondando, em baixa velocidade, com seu Land Rover, as proximidades de pontos de tráfico de drogas conhecidos com Buraco Quente e Boca do Anjo. Seguramente, Portela, como membro do MP (Ministério Público), realizava trabalho de investigação, mas os brigadianos não sabiam disso. O promotor se submeteu a exame clínico.


Explosivos


Pelo menos seis homens explodiram um caixa eletrônico dentro de um supermercado de Alvorada, na madrugada de ontem. O crime ocorreu no bairro Piratini. Segundo a Brigada Militar, os bandidos abriram as cortinas de ferro do estabelecimento e usaram dinamite para abrir o caixa eletrônico. As quadrilhas dos explosivos, ao que parece, estão de volta.


Arte em Porto Alegre


Tenho dito, tenho repetido, continuarei a dizer e a repetir, que o governo do Estado, a Prefeitura de Porto Alegre e a Câmara Municipal da Capital dão mostras de que não sabem que o viaduto Otávio Rocha é uma obra de arte. Por eles, seria natural uma pastelaria gordurosa e ambulante na frente do Palácio do Louvre. Assim é a Porto Alegre da Copa.


Decisão oficial


Deu no DOE (Diário Oficial do Estado): "Viagem de um contingente de mais de 30 brigadianos, entre oficiais e praças, de 24/5 a 5/8/2013 a Brasília a fim de atuar na Copa das Confederações e Jornada Mundial da Juventude, sem ônus para o Estado". Digo eu: o ônus ficou para a sociedade gaúcha com a falta de segurança. Mais ainda: quem disse que o RS não participou da Copa das Confederações? E, finalmente, lembro a infalível filosofia popular: "Calça de veludo e bunda de fora".
Postar um comentário