SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

sexta-feira, 12 de julho de 2013

HOMICÍDIOS NO TRÂNSITO

O SUL, 11/07/2013

WANDERLEY SOARES

O controle da violência no trânsito não depende apenas da Lei Seca.


Um brigadiano morreu e outro ficou ferido, ontem, em Charqueadas, Região Carbonífera do RS. Eles foram atropelados por um carro cujo motorista foi preso e, segundo a Brigada Militar, apresentava sintomas de embriaguez. O sargento Ênio Eduardo da Silva Paim, de 44 anos, morreu no hospital de São Jerônimo. O outro PM foi transferido de helicóptero para Porto Alegre. Os dois policiais trabalhavam no Segundo Batalhão de Polícia Rodoviária da Brigada Militar, sediado em Cachoeira do Sul, e foram atropelados quando orientavam o trânsito na RS-401. A cada homicídio como este, reafirmo da minha torre que, além da Lei Seca, a fiscalização no trânsito, nas rodovias e áreas urbanas, deveria ser, no mínimo, dobrada, e as multas e demais penas para infratores, triplicadas.


Trânsito (2)


Quatro pessoas, dois homens e duas mulheres, morreram, na madrugada de ontem, num acidente de trânsito no bairro Moinhos de Vento, em Porto Alegre. Um Audi, placa IKF 9701, bateu num muro na esquina da Coronel Bordini com a Mostardeiro. Duas mulheres saíram feridas. Elas ficaram presas nas ferragens e foram retiradas pelos bombeiros. Há informações de que o carro estava fugindo de uma viatura da Brigada Militar. Morreram o motorista do Audi, Roger Bruno Ciuro, de 24 anos, que não tinha habilitação e apresentava várias passagens pela polícia. Também morreu Alexandre Pinheiro Correia, de 30 anos. As duas mulheres feridas foram hospitalizadas. As outras duas vítimas fatais ainda não foram identificadas, até o fechamento de minha torre.


Trânsito (3)


Um coquetel molotov foi jogado num ônibus que circulava pelo bairro Lami, no extremo Sul de Porto Alegre. O ataque ocorreu à noite de quarta-feira e, segundo a polícia, tem relação com o atropelamento e morte de um menino de oito anos, ocorrido horas antes. Houve princípio de incêndio no coletivo, que logo foi controlado.


Quadrilha



Uma operação policial realizada ontem em cinco cidades da Região Metropolitana e Vale do Sinos desarticulou uma quadrilha que roubava cargas. Quatro bandidos foram presos. A operação abrangeu Porto Alegre, Cachoeirinha, Alvorada, Ivoti e São Leopoldo. A quadrilha tinha base em Alvorada e na região do Porto Seco, na Zona Norte da Capital.


Barbárie


Dois irmãos foram mortos no início da noite de quarta-feira numa fazenda localizada em Barra do Ribeiro, Sul do Estado. Dois homens invadiram a propriedade, na localidade de Passo do Banhado, renderam duas mulheres, mãe e a avó dos dois jovens que foram assassinados. Na saída, os matadores levaram objetos da casa e fugiram de carro.


Guerra


Senadores entraram com pedido de abertura da CPI da Espionagem para investigar o monitoramento feito no Brasil pela Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos. O pedido tem mais de 40 assinaturas, número que permite o começo da investigação. Nada mais cínico, nada mais hipócrita. Esta CPI deverá render espaço generoso na mídia para suas excelências e o resultado será absolutamente zero, pois um "réveillon" em Nova Iorque por ser imperdível é irrecusável e, se tiver avião da FAB, melhor ainda, a menos que o Senado sugira declaração de guerra a Tio Sam.
Postar um comentário