SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quarta-feira, 31 de julho de 2013

LATROCÍNIO AUMENTA 31% NO RS NESTE ANO

ZERO HORA ONLINE 31/07/2013 | 16h22

Houve 50 roubos seguidos de morte de janeiro a junho, contra 38 no ano passado

O Rio Grande do Sul teve um aumento de 31,6% nos latrocínios no primeiro semestre deste ano, em comparação com igual período de 2012. De janeiro a junho do ano passado, foram 38 roubos seguidos de morte. Agora são 50.

O aumento concentrou-se no período de janeiro a março, quando os latrocínios mais do que dobraram, passando de 16, em 2012, para 35, em 2013. No segundo trimestre, houve queda de 32,8%, segundo dados divulgados nesta quarta-feira pela Secretarias Estadual da segurança Pública.

Nos homicídios, houve queda de 6,3% no semestre. Foram registradas 965 mortes em 2013, contra 904 em 2012. Nos crimes contra o patrimônio, a tendência foi de aumento, com destaque para o furto de veículos (incremento de 14,4%) e o roubo (12,6%).

Os números

As estatísticas da segurança pública gaúcha de janeiro a junho nos últimos três anos:

Homicídio doloso
2011: 780 casos
2012: 965 casos (23,7%)
2013: 904 casos (-6,3%)

Furto
2011: 84.693 casos
2012: 80.754 casos (-4,6%)
2013: 77.852 casos (-3,6%)

Furto de veículo
2011: 7.369 casos
2012: 7.309 casos (-0,8%)
2013: 8.363 casos (14,4%)

Roubo
2011: 22.384 casos
2012: 22.353 casos (-0,13%)
2013: 25.166 casos (12,6%)

Roubo de veículo
2011: 5.536 casos
2012: 5.834 casos (5,4%)
2013: 6.091 casos (4,4%)

Latrocínio
2011: 39 casos
2012: 38 casos (-2,5%)
2013: 50 casos (31,6%)

Tráfico
2011: 4.238 casos
2012: 4.623 casos (9%)
2013: 4.860 casos (5,1%)


Postar um comentário