SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

segunda-feira, 1 de julho de 2013

MOLOTOV ATIRADO NO ESTACIONAMENTO DA SSP-RS INCENDEIAM VIATURAS DA BM

ZERO HORA ONLINE 01/07/2013 | 08h03

Duas viaturas da Brigada Militar são incendiadas em Porto Alegre. Além dos veículos, que estavam no estacionamento da Secretaria de Segurança Pública, sete contêineres foram queimados


Viatura da Brigada Militar foi completamente queimadaFoto: Dani Barcellos / Especial


Pelo menos duas viaturas da Brigada Militar foram incendiadas nesta segunda-feira em Porto Alegre. Os veículos estavam no estacionamento da Secretaria de Segurança Pública, na Rua Voluntários da Pátria, no centro. O fogo teria começado à 1h.

Informação preliminar dava conta de que eram três carros destruídos, no entanto, a polícia constatou que um deles estava apenas coberto de fuligem. Assim, um dos carros foi totalmente queimado, e o outro, que estava próximo, foi atingido parcialmente.

Segundo os bombeiros, foram encontrados coquetéis molotov no local.

Antes de iniciar o incêndio nos veículos, sete contêineres de coleta de lixo foram queimados, em cinco locais: na Rua Cassiano Nascimento com a Avenida Mauá; na Rua General Bento Martins, 507; na Rua Coronel Vicente com a Avenida Júlio de Castilhos; na Rua Chaves Barcelos, 23; e na Travessa Franscisco de Leonardo Truda, 40.

De acordo com a Brigada Militar, em alguns desses casos, populares teriam ajudado a apagar o fogo que atingia o lixo nos contêineres.

Ainda não há suspeita de quem teria cometido estes atos. Os veículos serão encaminhados ao Instituto Geral de Perícias (IGP) e a Polícia Civil investigará o caso. Uma câmera de segurança da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) pode ajudar na busca pelos responsáveis.



Postar um comentário