SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

ADOLESCENTES ASSALTAM E MATAM CLIENTE DE UM POSTO DE COMBUSTÍVEIS

ZERO HORA 05 de agosto de 2013 | N° 17513

JOÃO VITOR NOVOA E JOSÉ LUIS COSTA

JOVENS NO CRIME - Adolescentes atacam posto e matam cliente

Homem morreu ao reagir à tentativa de assalto envolvendo sete garotos, sábado à noite, em Taquara



Uma tentativa fracassada de assalto a um posto de combustíveis envolvendo sete adolescentes deixou uma funcionária ferida e um cliente morto na noite de sábado, em Taquara, no Vale do Paranhana. As vítimas teriam reagido ao roubo e foram atingidas por tiros de revólver calibre 38 que pertenceria ao avô de um dos autores do crime, um empresário da cidade.

Com a arma, dois garotos de 14 e 16 anos invadiram, às 19h20min, a loja de conveniência de um posto de combustíveis, no cruzamento das ruas Marechal Floriano e Ernesto Alves.

Um dos jovens se aproximou do balcão e pediu um chiclete, mas, logo em seguida, anunciou para a caixa da loja, Fátima Severo, 34 anos:

– Perdeu, perdeu, passa o dinheiro.

A mulher se assustou, deixou cair a gaveta com o dinheiro ao chão, e o rapaz que portava o revólver disparou um tiro, acertando o ombro de Fátima. Apavorada, ela empurrou uma colega e conseguiu se esconder. Naquele momento, Éderson William Valentini, 31 anos, entrava no estabelecimento para comprar uma bebida e tentou reagir.

Houve luta corporal para tentar desarmar assaltante

Segundo o delegado plantonista da Polícia Civil Fabiano Luiz de Andrade Berdichevski, Valentini teria entrado em luta corporal com o assaltante, tentando desarmá-lo.

– Ele (Valentini) caiu e foi executado com um tiro no coração – afirmou o delegado.

A dupla e outros cinco adolescentes (entre 14 e 17 anos) que estavam no lado de fora da loja de conveniência saíram correndo sem levar nada, fugindo para um apartamento nas proximidades do posto, onde moraria o jovem de 14 anos que teria pego o revólver do avô.

Alertados, PMs foram até o prédio, apreenderam a arma do crime, uma touca ninja, e capturaram o adolescente e outros seis jovens de famílias pobres, filhos de operários da cidade. Nenhum adulto estava no apartamento naquele horário.

Postar um comentário