SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

sábado, 10 de agosto de 2013

HIP-HOP NA CADEIA

O SUL, Porto Alegre, Sábado, 10 de Agosto de 2013.


WANDERLEY SOARES

Iniciativa cultural, ainda embrionária, contrasta com a falida política penitenciária

Com o foco no tratamento do uso de drogas por meio da cultura hip-hop, iniciaram, ontem, as atividades do Grupo Mc's para a Paz na Penitenciária de Arroio dos Ratos. O projeto é da Coordenadoria da Juventude da Superintendência dos Serviços Penitenciários. Foram selecionados 25 jovens que passaram por entrevista com psicólogos e assistentes sociais. Os critérios de escolha foram o interesse ou habilidades dos apenados na cultura hip-hop, que envolve ritmo forte e arte poética voltada para questões sociais com espírito crítico e alegre, onde a criatividade é permanente e incisiva. Como um humilde marquês, aqui de minha torre, entendo que se trata de uma iniciativa cultural, ainda embrionária, que exige máxima valorização e apoio, especialmente porque estará sendo desenvolvida em meio a uma falida política penitenciária.

Depois do vandalismo

O Posto de Identificação do IGP, situado na avenida Azenha, 255, na Capital, será reaberto na próxima segunda-feira. O órgão voltará a emitir as carteiras de identidade, atestados de antecedentes, bem como prestar outros serviços à comunidade. O horário de atendimento permanecerá o mesmo - das 7h às 18h30min, sem fechar ao meio-dia. O prédio foi fechado depois de vandalismos ocorridos, contra a sociedade, na noite de 20 de julho último.

Mercado seguro

A Guarda Municipal está atuante na segurança do Mercado Público, que reabrirá terça-feira, dia 13, depois do incêndio que atingiu o seu pavimento superior na noite de seis de julho último. A segurança conta com um sistema de revezamento de duas guarnições, que atuam na área 24 horas por dia.

Delegado absolvido

O delegado da Polícia Civil Leonel Carivali, acusado de matar um refém em Gravataí, durante a investigação de um sequestro ocorrido em 2011, foi absolvido pela Justiça. A decisão é da juíza Eda Salete de Miranda, da Primeira Vara Criminal daquele município. Ela entendeu que o policial agiu em legítima defesa quando atirou contra um bandido, mas atingiu o agricultor Lírio Persch, que estava num veículo em poder de criminosos.

Bancos

O Rio Grande do Sul atingiu a marca de 100 ataques a bancos e caixas eletrônicos em 2013. A média é a maior dos últimos cinco anos. Neste ano, houve redução na utilização de explosivos, mas aumentaram os casos de bancários rendidos na rua ou em casa. A maioria dos ataques a bancos deste ano ocorreu na Região Metropolitana de Porto Alegre.

Execução

Um homem foi encontrado morto na avenida dos Gaúchos, bairro Sarandi, Zona Norte de Porto Alegre, na madrugada de ontem. Benhur da Silva, de 30 anos, foi executado com um disparo de arma de fogo na cabeça.

Fugitivos

Três detentos fugiram, durante a madrugada de ontem, da Penitenciária Industrial de Caxias do Sul. Um deles foi recapturado pela Brigada Militar. Ismael Ramos, de 23 anos, acusado de homicídio de falsidade ideológica, e Fabiano da Silva, de 24 anos, indiciado por roubo a estabelecimento comercial, seguem foragidos.
Postar um comentário