SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

terça-feira, 29 de outubro de 2013

ASSALTANTES JOGAM GRANADA PARA FUGIR DA POLÍCIA


FOLHA.COM 29/10/2013 - 12h58

Assaltantes jogam granada para fugir da polícia e ferem dois no centro do Rio

MARCO ANTÔNIO MARTINS
DO RIO


Um assalto a uma casa lotérica, no centro do Rio de Janeiro, terminou com uma perseguição com tiroteio e uma granada jogada contra a Polícia Militar. Duas pessoas, sendo um policial e uma cobradora de ônibus, ficaram feridas por estilhaços do explosivo. Os três assaltantes acabaram detidos --um deles é menor de idade.

Por volta das 9h, o grupo invadiu uma casa lotérica, na avenida Gomes Freire, no centro da cidade e renderam os caixas. O trio levou todo dinheiro da lotérica e ainda assaltou dez apostadores que estavam no local. A polícia não soube informar o valor levado pelos assaltantes.

Depois de deixar a lotérica, o trio roubou um carro e fugiu pela rua Mem de Sá. Eles foram cercados por policiais do 5º BPM (Harmonia) quando entraram na rua dos Inválidos. Um dos criminosos foi preso ainda no carro. Outros dois conseguiram fugir e entraram em um prédio na mesma rua.

Antes de entrarem no edifício, um deles jogou uma granada contra os policiais que os perseguiam. Os estilhaços atingiram um dos braços de um PM e a barriga de uma cobradora de ônibus. Ambos foram levados para o hospital municipal Souza Aguiar, no centro.

Esse ataque com a granada não evitou que os assaltantes fossem detidos. Um deles, um menor, usava uniforme da rede pública municipal de Educação. Os três assaltantes foram levados para a DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente), da Polícia Civil.

De acordo com os policiais, eles seriam do morro da Mangueira, na zona norte. Os nomes dos assaltantes não foram revelados pela polícia até o momento.
Postar um comentário