SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

ASSALTOS PREOCUPAM COMERCIANTES, CLIENTES E POLÍCIA


ZERO HORA 10 de outubro de 2013 | N° 17579

CARLOS WAGNER E THIAGO TIEZE

ATAQUES NA CAPITAL. Assaltos preocupam comerciantes

A frequência dos assaltos a restaurantes preocupa comerciantes, clientes e a polícia de Porto Alegre. O último caso, o quinto neste ano, foi registrado na noite de terça-feira, no restaurante Kemono Sushi, na Cidade Baixa, bairro boêmio da Capital. Os assaltos somados aos danos causados pelos vândalos que se misturaram aos ativistas nos protestos de junho causaram queda no movimento.

Não existe uma estatística exclusiva de assaltos a restaurantes na cidade. Os crimes entram na vala comum dos roubos: em 2012, foram 16 mil casos, e no primeiro semestre deste ano, 9 mil. O roteiro dos bandidos se repete. Eles chegam no final da noite, como aconteceu no Kemono, e assaltam o caixa do restaurante e os clientes. O ataque demorou cerca de 10 minutos. Ninguém ficou ferido e o estabelecimento vai reforçar a segurança. De acordo com José Jesus Santos, presidente do Sindicato da Hotelaria e Gastronomia de Porto Alegre (Sindpoa), somente na Cidade Baixa a queda no movimento entre 2012 e 2013, é estimada em 60%. O despencar dos clientes também é creditado aos incidentes relacionados às manifestações ocorridas no meio deste ano.

– Hoje, a procura é por abrir buffets, restaurantes para almoço, pois a sensação de insegurança é muito grande – afirma o presidente.

Polícias apostam em ações de inteligência

Volmir Nogueira, 42 anos, há 17 estabelecido no comércio da área, disse que na semana passada uma de suas clientes foi assaltada a poucos metros do seu restaurante.

– Eu mesmo já sofri três assaltos neste ano – afirma Nogueira.

As afirmações feitas por Nogueira são repetidas por colegas como Renato Dalla Vecchia, 53 anos, há 26 com um restaurante na região:

– Tenho visto o espantoso crescimento da criminalidade nas nossas ruas, eu mesmo já fui vítima.

De acordo com o delegado regional da Capital, Cleber Ferreira, agentes de diferentes delegacias trabalham em parceria para identificar criminosos. Major Luís Ulisses Rodrigues, da 2ª Companhia do 9ª Batalhão de Polícia Militar, diz que a ação da BM tem que ser orientada a partir das informações do serviço de inteligência.

– Muito embora o assalto não seja o tipo de ocorrência que mais acontece nas regiões de restaurantes, onde predomina o furto, nós consideramos fundamental não deixar se alastrar este tipo de crime – complementa.


9/10/2013 | 04h10

Dois homens assaltam restaurante e clientes na Cidade Baixa, em Porto Alegre. De acordo com a Brigada Militar, foram levados dinheiro, celular, cartões, bolsas e documentos


Dois homens assaltaram um restaurante de comida japonesa e os clientes que estavam no estabelecimento, em Porto Alegre, no fim da noite desta terça-feira. O crime ocorreu por volta das 22h45min no Kemono Sushi Bar, localizado na Rua Joaquim Nabuco, bairro Cidade Baixa. As informações foram passadas pela Brigada Militar.

Foram levados R$ 1 mil do caixa do restaurante, mais documentos, cartões, celulares, dinheiro e bolsas de seis clientes. A dupla estava armada e conseguiu fugir. Ninguém ficou ferido. O registro da ocorrência foi feito pela própria BM.



Postar um comentário