SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

BLACK BLOCS FAZEM OCUPAÇÃO NA ESQUINA DO GOVERNADOR DO RIO

FOLHA.COM 28/10/2013 - 12h05

DO RIO. Doze adeptos da tática 'black bloc' fazem nesta segunda-feira (28) uma ocupação no canteiro central da avenida Delfim Moreira na altura da rua Aristides Espinola, no Leblon, zona sul do Rio. A ocupação foi montada durante a madrugada de hoje.

O local é próximo de onde mora o governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB). Em junho passado, manifestantes montaram acampamento no mesmo local que ficou conhecido como Ocupa Cabral. Desta vez, o ato se chama Ocupa Leblon.

De acordo com os participantes, que não quiseram informar seus nomes, o protesto não tem uma pauta definida. A ideia, disseram, "é criar um foco de resistência na cidade" e também fazer oposição ao governador. "O Cabral está meio esquecido", disse um os integrantes. Eles vestem casacos pretos e estão sem máscaras.

Moradores simpáticos ao grupo trouxeram água, leite e pão. Não foram levantadas barracas de acampamento. Os integrantes do 'black blocs' disseram não ter data para ir embora e aguardam a adesão de mais pessoas ao longo do dia.

Quinze policiais militares estão posicionados do outro lado da rua. Homens da equipe de segurança do governador também estão no local. Eles estão vestidos com camisas sociais e calça jeans e conversam com o comandante do destacamento, o capitão Cleveld, que não deu declarações à imprensa.

Por volta das 11h10, duas meninas saíram de perto do restante do grupo e foram revistadas por policiais femininas. Quatro manifestantes foram acompanhar e também foram revistados. Todos foram liberados após a verificação.

Lucas Vettorazzo/Folhapress

Manifestantes fazem o 'Ocupa Leblon' perto da casa do governador Sérgio Cabral; grupo quer criar 'foco de resistência na cidade'

Postar um comentário