SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

terça-feira, 22 de outubro de 2013

EM LIBERDADE, SUSPEITO DE EXECUÇÃO FOI PRESO COM CARRO ROUBADO, TOCA NINJA, LUVAS, FITA CREPE E MIGUELITOS

DIÁRIO GAÚCHO, 22/10/2013 | 06h00

Acusado da morte de Eliseu Santos é preso após perseguição na BR-116, em Sapucaia do Sul. Homem trafegava pela rodovia em veículo roubado e clonado


PRF apreendeu celulares, miguelitos, máscaras e placas falsas no veículoFoto: Dani Barcellos / Especial


Um dos acusados da morte do ex-secretário da Saúde de Porto Alegre e ex-vice-prefeito da Capital Eliseu Santos foi preso em flagrante na madrugada desta terça-feira em Sapucaia do Sul. Eliseu Pompeu Gomes foi detido após fugir de uma barreira montada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR-116.

De acordo com a PRF, Gomes e mais dois homens trafegavam em um Voyage roubado e clonado pela ERS-118, no sentido Gravataí - Sapucaia, quando entraram na BR-116. No entroncamento, avistaram a blitz e tentaram voltar para a rodovia estadual. Ao retornarem, eles perderam o controle do veículo e caíram em um barranco. O trio tentou fugir a pé, mas apenas um deles conseguiu escapar.


Mensagem de celular mostra criminosos planejando clonagem de carros
Foto: Dani Barcellos/ Especial

No carro, a polícia encontrou, miguelitos, máscaras utilizadas em assaltos, luvas e fitas e lacres, usados para prender vítimas. Além disso, foram achados pertences de uma família de Bom Princípio que teria sido vítima da quadrilha na segunda-feira.

Mesmo acusado pela morte do ex-secretário e por diversos outros crimes, Gomes respondia em liberdade. A dupla foi levada para a DPPA de Canoas e deve responder pelo crime de receptação. Ambos serão encaminhados ao Presídio Central, em Porto Alegre.

Na última semana, a Justiça gaúcha anunciou que Gomes e Fernando Junior Treib Krol - outro acusado do assassinato - vão a júri popular em data ainda não definida.

De acordo com investigações do Ministério Público, Gomes teria efetuado o disparo que matou o ex-secretário no dia 26 de fevereiro de 2010 no bairro Floresta, na Capital.

Postar um comentário