SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

sábado, 26 de outubro de 2013

HOMICÍDIOS CAEM, MAS ROUBOS CRESCEM EM SP

O Estado de S. Paulo
25 de outubro de 2013 | 14h 01


Homicídios caem, mas roubos crescem no Estado de SP. Número de assassinatos teve queda de 7% no terceiro trimestre em comparação com o mesmo período do ano passado, enquanto os roubos tiveram alta de 13,8%

SÃO PAULO - O número de homicídios caiu 7% no terceiro trimestre no Estado de São Paulo em comparação com o mesmo período do ano passado. Ao mesmo tempo, os roubos cresceram 13,8%. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira, 25, pela Secretaria da Segurança Pública, que informou ainda o balanço de setembro, também com crescimento de roubos (17,2%) e diminuição de assassinatos (6,6%) em relação ao mesmo mês de 2012.

Se a cúpula da Segurança pode comemorar os dados dos crimes contra a vida, o mesmo não ocorre em relação a alguns importantes delitos contra o patrimônio das pessoas, como o roubo de carros - atividade em torno da qual se criou uma verdadeira cadeia produtiva organizada, envolvendo desmanches, ladrões e falsários para recolocar no mercados peças e veículos levados por ladrões. Em setembro, esse tipo de crime cresceu 20,8% no Estado. Na comparação entre os trimestres, o roubos de carro aumentaram 20,2%.

"Todos os crimes nos preocupam, principalmente o roubo", disse o secretário de Segurança Pública, Fernando Grella. Ele afirmou que o governo adotará "medidas estruturantes", como tentar aprovar na Assembleia a lei que regulamenta desmanches.

Capital. Na capital paulista, foram registrados 92 homicídios no mês passado, ante 134 em setembro de 2012. Os casos de latrocínio (roubo seguido de morte) caíram de 12 para 8, na mesma comparação. Já os roubos no período cresceram: foram 9.115 em setembro de 2012, ante 10.669 agora.
Postar um comentário