SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

NEM A ESCOLA ESCAPA DA GUERRA DOS QUADRILHAS

ZERO HORA 11 de outubro de 2013 | N° 17580

TIROTEIO EM VIAMÃO


A alegria do dia de eleições para o grêmio estudantil deu lugar aos tiros e ao pânico, no começo da tarde de ontem, na Escola Estadual de Ensino Médio Ayrton Senna da Silva, na Vila Augusta, em Viamão. Uma estudante ficou ferida.

Quatro jovens – dois deles já identificados pela polícia – abriram fogo contra o portão no momento da entrada do turno da tarde. Visavam um ex-aluno, que se refugiou no pátio. Uma garota de 15 anos, estudante da sétima série, foi atingida.

Por volta de 13h, um táxi vermelho passou diante da escola e parou quase na esquina da Rua Ipiranga. Quatro jovens desceram e correram em direção à entrada da Ayrton Senna, já atirando.

Durante a tarde, um adolescente de 17 anos, ex-aluno da escola, foi ouvido pela 2ª DP de Viamão. Segundo os policiais, ele era o alvo do ataque.

Entre os dois suspeitos já identificados – também adolescentes –, um, de 17 anos, já estudou na Ayrton Senna. Os atiradores seriam ligados ao bando que tem como líderes os traficantes conhecidos como Cachaça e Gilson. Eles já foram alvos de duas operações desde o mês passado.
Postar um comentário