SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

terça-feira, 19 de novembro de 2013

ABUSO INFANTIL

ZERO HORA ONLINE 19/11/2013 | 10h13


Polícia Federal faz operação para desbaratar grupo de pedófilos. Quatro mandados de busca estão sendo cumpridos em Porto Alegre e em mais dez estados brasileiros


A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira uma operação de combate a pedofilia em 11 estados brasileiros. Quatro dos mandados de busca e apreensão são cumpridos em Porto Alegre.

As investigações da Operação Glasnot (transperência em russo) aconteceram ao longo de dois anos e identificou quase uma centena de brasileiros envolvidos com a produção e compartilhamento na internet de imagens relacionadas à exploração sexual de crianças e adolescentes. Mais de duzentos suspeitos continuam sob investigação.

Os suspeitos compartilhavam fotos e vídeos de crianças, adolescentes e até de bebês, muitos deles sendo abusados sexualmente por adultos, e as enviavam para contatos no Brasil e no exterior.

Entre os suspeitos já foram identificados, até o momento, três pessoas. Um deles abusava sexualmente da própria filha, de apenas cinco anos, e compartilhava imagens destes abusos na internet.

A equipe de policiais envolvidos com a Operação Glasnost também identificou brasileiros residentes nos EUA. Eles estão sendo investigados com a colaboração do FBI.

Entre os alvos da operação há pessoas de variadas idades e profissões, incluindo um Policial Militar, um oficial da Aeronáutica, alguns professores, bem como um chefe de grupo de escoteiros.

Cerca de 400 policiais federais estão participando da operação, que ocorre nos estados do Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, Alagoas, Ceará, Maranhão, Minas Gerais, Bahia e Goiás.

No total, foram expedidos pela Justiça Federal cerca de 80 mandados de busca e apreensão, além de 20 medidas de condução coercitiva e pelo menos um mandado de prisão preventiva.
Postar um comentário