SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

terça-feira, 26 de novembro de 2013

PM DE FOLGA É MORTO AO TENTAR IMPEDIR ASSALTO

(Carlos Macedo/Agencia RBS)
zero hora 26 de novembro de 2013 | N° 17626

PORTO ALEGRE

Policial reage a assalto e é morto por bandidos

À paisana, Valdenir Gomes da Silva feriu um assaltante, mas foi alvejado por outro em revenda de gás



Um policial militar à paisana morreu ao reagir a um assalto, ontem à noite, no bairro Ipanema, zona sul de Porto Alegre. O PM Valdenir Gomes da Silva estava em uma revenda de gás de cozinha quando pelo menos dois homens anunciaram o ataque ao estabelecimento.

À paisana, mas armado, o policial militar teria reagido e baleou um dos criminosos na barriga. Porém, o outro assaltante acertou um tiro no rosto do policial militar, que morreu no local.

Com auxílio de um terceiro suspeito, que os esperava em um Palio na porta do comércio, a dupla conseguiu fugir carregando celulares e carteiras de dois clientes e de um funcionário da revenda de gás.

Vizinhos do local acionaram o 190 e, minutos depois, o Palio foi abordado por PMs do 21º Batalhão de Polícia Militar (21º BPM) na esquina das avenidas Costa Gama com Edgar Pires de Castro, bairro Restinga.

O trio se entregou. Dois deles foram encaminhados à 2ª DPPA, e o terceiro, ferido, foi levado para o HPS, onde permanecia internado até o final da noite de ontem.

Conforme a Brigada Militar, os três homens presos foram identificados como Alexander Bispo Nunes, 20 anos, Felipe Bispo Boeira, 19 anos, e Daniel Ferreira de Oliveira, 20 anos.


Silva tinha 11 anos de serviço

O latrocínio (roubo seguido de morte) ocorreu na Avenida Tramandaí, quase esquina com Rua Dea Coufal.

– Pudemos ver um revólver na cena do crime, provavelmente calibre 38 e pertencente ao policial. Mas só a perícia vai confirmar. Em princípio, trata-se de um assalto – disse a delegada da equipe de volantes, Vandi Lemos.

Conforme a Brigada Militar, o soldado Gomes estava na corporação havia 11 anos e, atualmente, trabalhava em função administrativa – antes, havia atuado no 1º BPM e no Departamento de Patrimônio e Logística da Brigada Militar. Era casado e tinha um filho de 13 anos.

A polícia confirmou apenas no final da noite de ontem a identificação do suspeito baleado e dos dois presos, que estavam sendo autuados em flagrante pelo assalto.
Postar um comentário