SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

sábado, 7 de dezembro de 2013

DETIDO SUSPEITO DE ASSASSINATOS

ZERO HORA 07 de dezembro de 2013 | N° 17637

PRESO NA CAPITAL


Um homem procurado por homicídios na zona sul de Porto Alegre, em Alvorada e em Viamão foi preso pelos agentes da 4ª DHPP enquanto eles cumpriam um mandado referente a outro crime, ontem, no bairro Cascata.

Os policiais teriam suspeitado da atitude de Luan Batista Diogo Novais, 23 anos, que ainda tentou se identificar com nome falso.

Ele estava com prisão preventiva decretada pela morte de Fernanda Rosa, 41 anos, no bairro Belém Novo, em setembro. O rapaz também já havia sido indiciado por outro homicídio na mesma região no começo do ano. De acordo com o delegado Gabriel Bicca, Luan é investigado ainda por outros quatro homicídios na Zona Sul.


14/09/2013 | 08h25

Mulher de 41 anos é vítima de tentativa de homicídio em Porto Alegre. Crime ocorreu por volta das 5h20min no bairro Belém Novo, na Zona Sul



Uma mulher foi baleada cinco vezes dentro de casa por volta das 5h20min deste sábado no bairro Belém Novo, na zona sul da Capital.  Segundo relato da vítima, dois homens encapuzados entraram na residência, na Avenida Heitor Vieira, e atiraram várias vezes contra Fernanda Rosa, 41 anos .

A Brigada Militar suspeita que o crime tenha relação com acerto de contas, já que a mulher tem antecedentes criminais. Ela foi ferida nas costas e nas pernas.

Os dois filhos dela, de 16 e 20 anos, estavam no local, mas não foram baleados. O estado de saúde dela é considerado grave. Na manhã deste sábado, ela ainda estava em atendimento no Hospital de Pronto Socorro (HPS). O caso deverá ser investigado pela 3ª Delegacia de Homicídios.
Postar um comentário