SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

ATIRADORES MATAM 12 NO ENTORNO DE BAIRRO E MORADORES SE REVOLTAM

FOLHA.COM 13/01/2014 - 13h51


Em menos de três horas, atiradores matam 12 em Campinas


REYNALDO TUROLLO JR.
DE SÃO PAULO



Doze pessoas foram assassinadas entre a noite desse domingo e a madrugada de hoje em Campinas (SP), em um intervalo de menos de três horas. Os crimes ocorreram no entorno do bairro Ouro Verde, um dos mais populosos da periferia da cidade. Horas depois, ao menos três ônibus e um carro foram incendiados.

Os homicídios tiveram características semelhantes: os atiradores passavam de carro e atingiam as vítimas com vários tiros de pistolas.


Moacyr Lopes Junior/Folhapress
Jovem depreda ônibus coletivo ao lado do terminal Vida Nova, em Campinas Leia mais

A primeira chacina ocorreu às 23h20, quando quatro homens foram mortos em uma calçada do bairro Recanto do Sol II. Dez minutos depois, outro dois morreram com tiros na cabeça no bairro Cosmos e no Parque Universitário.

Às 23h40, em Vila Nova, ocorreu outra chacina com cinco vítimas –todos com a mesma característica de tiros na cabeça e nas costas. Outro homicídio ocorreu à 1h40 no bairro Vista Alegre.

Dos 12 mortos, seis tinham passagem pela polícia por crimes como homicídio e roubo de carros. Com nenhum deles, porém, foram encontradas armas ou drogas. A polícia vê indícios de relação entre as 12 mortes, mas ainda investigará qual seria essa relação. Os indícios são: os horários e os locais, muitos próximos um dos outros, a descrição dos carros e o tipo de arma usado nos crimes.

HIPÓTESES

A Polícia Civil investiga se as mortes foram praticadas por policiais militares. A hipótese é que seria uma retaliação ao assassinato de um colega na mesma região. O PM foi morto a tiros no domingo, às 12h, após reagir a um assalto em um posto de gasolina. Outra hipótese da polícia é que os crimes sejam motivados por uma briga entre gangues de bairros vizinhos.

ÔNIBUS

Após as mortes, ao menos três ônibus e um carro foram incendiados na manhã de hoje em Campinas. Os ataques aconteceram próximo ao terminal Vida Nova, no bairro Ouro Verde, mesma região onde aconteceram os homicídios. Os veículos foram queimados por um bando formado por cerca de 30 pessoas. Até o momento ninguém foi preso.

Postar um comentário