SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

BANDIDOS ESPANCAM JOVEM ATÉ A MORTE


FOLHA.COM  27/01/2014 03h45


Jovem de 18 anos é espancado até a morte


O auxiliar administrativo Bruno Borges de Oliveira, 18, foi morto a socos e pontapés por um grupo de ladrões, por volta das 6h40 de ontem, na rua Herculano de Freitas, na Bela Vista (região central).

Os criminosos espancaram o jovem para levar um par de tênis, um Bilhete Único e um celular, de acordo com o boletim de ocorrência registrado no 78º DP (Jardins).

Dois colegas que estavam com Oliveira conseguiram fugir quando foram abordados.

Eles contaram à polícia que pararam para urinar perto de uma árvore quando foram surpreendidos pelo grupo, que anunciou o assalto.

O auxiliar administrativo não conseguiu correr a tempo e acabou espancado por três dos ladrões. Eles fugiram sem ser identificados.

Os amigos voltaram para ajudar Oliveira e chamar socorro, mas o jovem já estava morto. Ao menos cinco câmeras de vigilância próximas ao local do crime podem ter flagrado a ação. Até a noite, ninguém havia sido preso.

A Polícia Civil investiga o caso de latrocínio.

A mãe da vítima esteve à tarde na delegacia, mas estava abalada para dar entrevistas. Segundo ela, o filho estava feliz com o emprego que conseguira recentemente.

Poucos antes de ser morto, Oliveira postou no Facebook que sentia saudades da rua Augusta e "se sentia bêbado
Postar um comentário