SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

PADRE REAGE A ASSALTO E FERE UM DOS LADRÕES


ZERO HORA 24 de janeiro de 2014 | N° 17683

DIÁRIO DE SANTA MARIA

A TIROS. Dois homens carregavam televisão de igreja quando foram surpreendidos


Uma reação inesperada ocorreu pouco depois das 4h de ontem, quando dois homens invadiram a Paróquia Nossa Senhora de Fátima, em Santa Maria. A dupla conseguia fugir com uma TV quando foi surpreendida pelo padre Mauri Francescatto, 39 anos, que flagrou a ação, atirou e baleou um dos ladrões.

Opároco, portando um revólver calibre 38, registrado em seu nome, enxergou os criminosos.

– Ele (padre) viu uma janela quebrada e arrombada. Eles (os bandidos) estavam saindo com a TV e viram ele. Um apontou o 22 (calibre do revólver), mas ele deu um tiro no cara. O outro bandido fugiu – disse um investigador da 3ª Delegacia da Polícia Civil (3ª DP).

Valdocir do Nascimento, 31 anos, ficou ferido no ombro esquerdo e foi encaminhado ao Hospital Universitário de Santa Maria (Husm), onde permanecia internado até o fechamento desta edição. Conforme o delegado André Diefenbach, titular da 3ª DP, assim que receber alta, Nascimento, que foi preso em flagrante, deve ser encaminhado à Penitenciária Estadual, no distrito de Santo Antão. Ele está sob custódia da Brigada Militar (BM) no Husm e será indiciado por roubo à residência, garante Diefenbach. O outro suspeito, ainda não identificado, fugiu.

Em depoimento na tarde de ontem, na 3ª DP, Francescatto informou que havia sido vítima de quatro assaltos nos últimos tempos e, inclusive, havia levado um tiro no braço em um desses crimes.

O padre, que foi ouvido como vítima na delegacia, não quis falar com a imprensa. Daniel Tonetto, advogado de Francescatto, informou que irá processar os autores do crime.

Igreja não teve missas ontem devido ao incidente

Em um primeiro momento, a informação era de que o autor do disparo teria sido um vigilante, porém, a polícia descobriu posteriormente que se tratava do pároco da igreja.

Devido ao episódio, ontem, a igreja não teve missas. Acompanhada de uma amiga, a funcionária pública Cleuza Quinhones ficou surpresa ao encontrar a igreja fechada.

– Estive aqui na secretaria às 10h, encomendei a missa (de um familiar que morreu) e não fui informada de nada. Não acredito que tenha sido ele (padre), deve ter sido algum vigia – disse Cleuza, ao saber do fato.

24/01/2014 | 18h40

"Ele está muito abalado", diz vigário sobre o frei que atirou em ladrão em Santa Maria. Autor do disparo, padre ficará fora da cidade por alguns dias


Foto: Ronald Mendes / Agencia RBS


O pároco da Igreja Nossa Senhora de Fátima, frei Mauri Francescatto, 39 anos, que atirou em um ladrão na madrugada de quinta-feira, deixou Santa Maria por alguns dias.

Segundo o padre Ruben Natal Dotto, vigário geral que representa dom Hélio Adelar Rubert, arcebispo da Arquidiocese de Santa Maria, na tarde de quinta, ele foi pessoalmente falar e levar apoio e conforto ao o frei. O vigário geral contou que o padre não está em condições de falar sobre o assunto:
_ Ele está muito abalado, abatido. Temos de preservar ele e cuidar dele nesse momento. Ele vai tirar uns dias... será levado para fora da cidade. Na casa dele.

A atitude do frei repercutiu entre os paroquianos e os representantes da Igreja nesta sexta-feira.
_ Ele teve discernimento para agir como agiu. Ele poderia ter sido, além da vítima do assalto, vítima de um tiro. Foi um caso extraordinário, fora da rotina da ação pastoral do frei Mauri _ afirma o vigário.

_ Agiu certo, para defender a vida dele e o patrimônio _ reafirma o advogado Daniel Marchiori Damião, 45 anos, que frequenta a paróquia há 38 anos.

O assalto

Por volta das 4h desta quinta-feira, a tentativa de assalto à Igreja Nossa Senhora de Fátima acabou frustrada. Ao ver um um homem carregando um aparelho de TV, um homem efetuou um disparo de revólver que atingiu o ombro esquerdo do ladrão. Em um primeiro momento, a informação é de que o autor do disparo teria sido um vigilante, porém a polícia descobriu posteriormente que se tratava do pároco da igreja.

Conforme Diefenbach, o bandido que foi preso em flagrante deve permanecer por três ou quatro dias internado. Após, será indiciado por roubo à residência e encaminhado à Penitenciária Estadual, no distrito de Santo Antão. A polícia já tem suspeitas de quem é o comparsa de Nascimento e seguirá as investigações nos próximos dias.
Postar um comentário