SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

POLÍCIA BRITÂNICA MONTA OPERAÇÃO CONTRA BÊBADOS

FOLHA.COM, 21/01/2014

STEVEN ERLANGER
STEPHEN CASTLE
DO "NEW YORK TIMES


NORTHAMPTON, Inglaterra - Passava um pouco das 4h da manhã, os últimos clubes estavam fechando, e a polícia tinha três rapazes encostados contra um muro de tijolinhos e um quarto deitado no chão. Os jovens, alguns deles sangrando, estavam tão bêbados que mal conseguiam se manter em pé, o que dirá responder às perguntas dos policiais, chamados para apartar uma briga.

A cem metros de distância, no centro da cidade, uma jovem saiu da boate NB cambaleando. Vomitou na calçada e sobre seu vestido fino e brilhante.

A dez quilômetros dali, na zona leste de Northampton, uma festa residencial regada a álcool tinha saído de controle. Três pessoas acabaram no hospital, uma das quais um rapaz cujo braço quase tinha sido decepado por um facão.

Era apenas mais uma noite de sexta em Northampton, disse o inspetor de polícia Vaughan Clarke, quando jovens britânicos saem com o propósito de se embebedarem. Em vista do preço do álcool nos bares, eles frequentemente tomam vodca e gim baratos comprados em lojas 24 horas.

Andrew Testa/The New York Times

Policiais em Northampton apartam briga diante de pub


A visão de jovens perambulando pelas ruas de madrugada, mal conseguindo andar ou falar, já se tornou um problema, tanto pela violência que o álcool frequentemente desencadeia quanto pela vulnerabilidade de moças, que às vezes são estupradas quando não estão em condições de se defender.

O Instituto britânico de Estudos do Álcool diz que o consumo de álcool caiu levemente em relação ao auge, em 2005, e que o Reino Unido está aproximadamente na média, comparado a outros países da União Europeia, nas estimativas dos litros de bebidas alcoólicas vendidas legalmente por pessoa.

Mas os hábitos de consumo de álcool dos britânicos na faixa dos 15 aos 24 anos "diferem dos de gerações anteriores", na medida em que eles "bebem menos frequentemente durante a semana, mas, quando o fazem, tendem a beber de modo desmedido", disse o instituto.

"Aquelas cenas vistas em Northampton se repetem em todas cidades britânicas nas noites de sexta e sábado", disse o inspetor Clarke.

O chefe de polícia do condado de Northamptonshire, Adrian Lee, posicionou policiais nas ruas e estacionou um caminhão com celas -uma "Suíte de Detenção Móvel"- no centro da cidade nas noites de sexta e sábado, para que os policiais possam autuar rapidamente os jovens violentos ou incapacitados pela bebida e retornar às ruas em pouco tempo.

As celas possuem uma cadeira plástica e uma vala para receber urina e vômito, que tem saída externa e pode ser lavada com mangueira.

De acordo com o chefe de polícia Lee, metade de todos os crimes violentos cometidos no Reino Unido está ligada ao álcool. Estima-se que esses crimes custam à economia cerca de US$ 18 bilhões por ano, dos quais US$ 5,73 bilhões incorridos pelo Serviço Nacional de Saúde.

"As pessoas toleram às 3h comportamentos que não tolerariam às 15h", explicou. "Não tentamos acabar com o consumo de álcool, mas acabar com a violência associada a isso."
Postar um comentário