SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

SUSPEITA DE ESTUPRO DE IDOSA POR FORAGIDO DA JUSTIÇA

ZERO HORA ONLINE 01/01/2014 | 17h59

Suspeito de estuprar idosa de 78 anos, homem de 29 anos é preso após dormir na casa da vítima em Giruá. A vítima aproveitou o descuido do agressor e buscou ajuda na casa de uma filha, que acionou a BM

Fernando Goettems



Uma idosa de 78 anos teria sido estuprada em Giruá, no noroeste do Estado, na madrugada desta quarta-feira. Segundo a Brigada Militar, Jorge Luis Marques, de 29 anos arrombou uma das janelas de madeira da casa, por volta das 4h, foi até o quarto da vítima, e teria abusado sexualmente dela. Um exame foi solicitado pela polícia para confirmar o estupro.

Depois, o homem acabou dormindo na cama da idosa, moradora do Bairro Prestes. Ela aproveitou o descuido dele e foi procurar ajuda na casa de sua filha, que mora próxima do local. Com a ajuda da filha e do genro, o suspeito foi impedido de fugir da casa da idosa. A BM foi acionada e o homem foi preso.

Segundo a Polícia Civil, a idosa morava com o marido de 104 anos. O casal dormia em uma mesma peça na casa, que era dividida por um armário. Ele não teria escutado nenhum barulho.

A vítima e o suspeito foram encaminhados a Delegacia de Polícia de Santo Ângelo, para coleta de material genético por um médico legista. Os exames deverão ser encaminhados para Porto Alegre para testes em laboratório. O material genético deverá apontar se ocorreu o estupro.

A idosa também prestou depoimento na Delegacia. De acordo com a Polícia Civil, ela também possuía uma lesão no rosto, que pode ter sido causada pelo homem.

O suspeito, foi preso em flagrante e encaminhado ao Presídio Regional de Santo Ângelo. Segundo a Polícia Civil, ele era foragido do presídio de Cerro Largo. O homem tem passagens por estupro e homicídio. Ele não quis prestar depoimento e afirmou que só iria falar em juízo.
Postar um comentário