SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

BANDIDOS ATROPELAM EMPRESÁRIO PARA ROUBAR MALOTE DE DINHEIRO

ZERO HORA 12/02/2014 | 01h37

Violência no Norte

Vídeo mostra atropelamento de empresário durante assalto em Passo Fundo. Edson Dias Grazioli, 33 anos, segue internado em estado estável


Fernanda da Costa


Uma câmera de segurança flagrou o momento do atropelamento de um empresário durante um assalto em Passo Fundo, no norte do Estado. Proprietário de uma lotérica, Edson Dias Grazioli, 33 anos, carregava um malote com R$ 9 mil quando foi atropelado.

O vídeo, cedido para a Zero Hora pelo proprietário de uma empresa próxima à lotérica, que preferiu não ser identificado, mostra o Focus usado pelos assaltantes acelerando no momento em que Grazioli atravessava a rua. O empresário tenta fugir correndo, mas o carro acaba o atropelando. Depois, um homem desce do carro e rouba o malote que a vítima carregava.

O roubo aconteceu na segunda-feira, no bairro Vera Cruz. Grazioli atravessava a rua para entrar na lotérica quando foi atropelado. Ele foi socorrido e encaminhado ao Hospital São Vicente de Paulo (HSVP), onde segue internado em estado estável. Ele sofreu ferimentos na cabeça e não tem previsão de alta.

Polícia ouviu testemunhas

A Polícia Civil ouviu testemunhas do crime nesta terça-feira e está analisando as imagens. De acordo com a delegada Daniela Mineto, o empresário ainda não tem condições de prestar depoimento, mas deve ser ouvido nesta semana.

O veículo usado pelos assaltantes foi identificado pela polícia com registro de roubo há uma semana. Na tarde de segunda-feira, o carro foi encontrado abandonado na Rua Coronel Miranda, no bairro Centro, parcialmente queimado.

Postar um comentário