SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

EXECUÇÃO NO CENTRO DE PORTO ALEGRE

O SUL, Porto Alegre, Quinta-feira, 06 de Fevereiro de 2014.


WANDERLEY SOARES


Pistoleiro teria usado até táxi para consumar o crime



Durante a madrugada de ontem, mais um assassinato ocorreu na área central de Porto Alegre. Um homem foi executado a tiros na Praça Raul Pilla, localizada na esquina da rua André da Rocha com a avenida João Pessoa. De acordo com a Brigada Militar, o pistoleiro teria descido de um táxi para praticar a execução. A vítima morreu na hora. Anote-se que crimes como este não estão no rol dos clássicos, daqueles que envolvem passionalismo, bebedeiras, rivalidades profissionais e até clubísticas, heranças, antipatias gratuitas, crises agudas de esquizofrenia e tantos outros impossíveis de serem controlados em qualquer parte do mundo. Sigam-me


Atrapalhados


A execução na via pública, na área central de Porto Alegre - fato de ontem - e o assassinato de um manobrista de garagem, como o que ocorreu na rua Lima e Silva, segunda-feira última, também junto ao Centro Histórico da Capital, apontam para o que a sociedade clama diariamente: policiamento ostensivo-preventivo. Com a certeza de que tal policiamento é rarefeito de dia e, principalmente, logo após o sol se pôr, os bandidos circulam armados, agridem, roubam e matam. Preocupante neste quadro, além dos riscos que todos nós corremos hoje, é o fato de que, ao faltar quatro meses para a Copa, as organizações policiais terão de improvisar, pois o governo, por ora, parece achar vexaminoso pedir socorro para os órgãos federais, até porque eles também não são lá essas coisas e estão atrapalhados


Arsenal bandido


Um homem de 50 anos foi preso pela Polícia Civil, em Viamão, acusado de alugar armas para traficantes da Capital e da Grande Porto Alegre. O bandido, que tem antecedentes por homicídio, lesões corporais e ameaça, tinha um boteco como fachada e usava os fundos do prédio para estocar armas. Nem mesmo os botecos guardam a antiga austeridade.


Barbárie


Miguel Francisco Silveira, acusado de matar o casal David Francisco Silveira, 74 anos, e Dalva Justo Rodrigues, 63 anos, em Terra de Areia, é filho do mecânico das vítimas e possui diversas passagens pela polícia. O crime aconteceu na noite de terça-feira em uma casa no interior do município. Miguel foi preso no carro do casal. Ele estava com os pés sujos de sangue e portava uma espingarda, além de outros objetos.


Ajudante


O capitão Juliano André Amaral, desde o dia 1 deste mês, está exercendo a função de ajudante de ordens do deputado Gilmar Sossella (PDT), presidente da Assembleia Legislativa gaúcha. Entre outras missões na tropa, Juliano teve notável passagem como comandante da Brigada Militar de Flores da Cunha.
Postar um comentário