SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

VIATURAS E MODELITO

O SUL. Porto Alegre, Terça-feira, 04 de Fevereiro de 2014.




A Brigada Militar está renovando a frota e o visual


O governador Tarso Genro presidiu, ontem, a entrega de 156 novas viaturas para a Brigada Militar com o objetivo de reforçar o serviço de policiamento ostensivo e dos bombeiros no RS. Na ocasião, o governador conheceu o novo modelito do fardamento de verão que passou a ser usado, ainda na segunda-feira, pelos policiais. As viaturas foram adquiridas a partir do pro-cesso de Participação Popular, com investimento de R$ 8 milhões. O chefe do Executivo estava acompanhado do comandante-geral da Brigada, coronel Fábio Duarte Fernandes, e do secretário de Segurança Pública, Airton Michels. Não constava dos discursos, mas parte dessas viaturas servirão como reposição das que estão sucateadas e as novas não terão, por conta do Estado, a manutenção necessária para as exigências do serviço de polícia. No entanto, não se pode desprezar este reforço, que deve ser relativamente bom para a Copa e distante do que a sociedade gaúcha clama para antes, durante e depois da Copa. Não há notícia sobre de como será tabulada a falta de efetivo das organizações policiais para a Copa. Em segurança pública, se as medidas não forem por inteiro, contrastam com ações da bandidagem, que não tem limitações


Apêndice


Alguns setores do Piratini estão confundindo discordar da política do governo na área da Segurança e ser contra o governo. Afinal, a sociedade gaúcha não é um apêndice da transversalidade da família da Praça da Matriz, o que é muito salutar para a democracia.


Reação e morte


Três bandidos estão sendo procurados pelo assassinato de uma empresária do ramo de alimentos congelados que reagiu no momento de um assalto, ocorrido ontem, contra sua loja, em Novo Hamburgo. A polícia recomenda não reagir contra a bandidagem. Mas, afinal, o Estado está aumentando seus efetivos para reagir contra os quadrilheiros?


Pergunta cívica (urgente)


Quem fiscaliza a preparação e análise final dos cursos, que são particulares, e das provas realizadas pelo Detran para novos motoristas? Pelo que se sabe, há reprovações na base do "pega ratão" e, pelo que se vê nas ruas, aprovações plenamente irresponsáveis. Detran é aquele órgão de onde, como está na moda dizer, supostamente, sumiram de uma gavetinha R$ 40 milhões em espécie.


Lixo do alfaiate


Um dos mais conhecidos alfaiates de Garibaldi, na Serra Gaúcha, morreu atropelado na manhã de ontem. Nilso João Balbinot, de 84 anos, foi atingido por uma caminhonete na esquina da Rua Buarque de Macedo com a rua Jacarandá, no bairro Alfândega. Ele saíra de casa para levar o lixo. A caminhonete era dirigida por uma mulher, que não teve o nome divulgado. Uma questão: Balbinot deveria ver a veloz caminhonete ou a motorista deveria ver o veterano alfaiate?
Postar um comentário