SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quarta-feira, 5 de março de 2014

OUTRO CAIXA ELETRÔNICO EXPLODIDO



ZERO HORA 05 de março de 2014 | N° 17723

PORTO ALEGRE

Bandidos explodem caixa eletrônico no bairro Cristal




Uma agência da Caixa Econômica Federal, em Porto Alegre, foi alvo da ação de assaltantes na noite de ontem. Pelo menos três criminosos explodiram um caixa eletrônico no banco da Avenida Doutor Campos Velho, na Zona Sul. Até o fechamento desta edição, não estava confirmado se os ladrões haviam conseguido levar dinheiro do equipamento.

De acordo com a Brigada Militar, a explosão de dinamites ocorreu por volta das 22h30min. Para entrarem no banco, que fica nas proximidades da Avenida Icaraí, os criminosos quebraram a porta de vidro. O dispositivo que libera dinheiro do caixa eletrônico foi danificado, mas só a perícia poderá dizer se o dinheiro foi levado. Por se tratar de um órgão federal, o procedimento fica a cargo da Polícia Federal, que chegou ao local no fim da noite de ontem.

Após a explosão, os ladrões fugiram em um carro preto, cujo modelo não havia sido identificado. Na saída, despejaram miguelitos e acabaram furando pneus de duas viaturas da BM e também de populares, conforme o capitão Dilmar Oliveira, oficial de serviço da Brigada Militar em Porto Alegre.

Em janeiro, a mesma agência no bairro Cristal já havia sido alvo de bandidos por duas vezes. No segundo ataque, os criminosos abriram um buraco em um caixa eletrônico e colocaram um explosivo. Quando a BM chegou ao local, a explosão já havia ocorrido, mas o dinheiro não foi levado. A guarnição foi chamada ao local porque os bandidos foram vistos jogando miguelitos nos dois sentidos da via.



ASSALTO FRUSTRADO

Bandidos fogem sem levar dinheiro na Serra



Um dia após dois assaltos a banco – em União da Serra e Farroupilha – serem frustrados, criminosos tentaram arrombar um caixa eletrônico em Caxias do Sul. Por volta das 2h30min de ontem, três homens entraram na agência do Banco do Brasil no bairro Ana Rech, mas fugiram antes de completar a ação. Segundo o Comando Regional de Polícia Ostensiva da Serra (CRPO/Serra), funcionários do sistema de monitoramento da agência flagraram a movimentação. Conforme o relato, nas imagens era possível perceber o grupo com um rádio, possivelmente na frequência da polícia. Os vigilantes não perceberam armas. O alarme da agência chegou a ser acionado, mas o grupo só teria fugido após a comunicação dos vigilantes à Brigada Militar. Eles deixaram dois cilindros de gás (foto) para maçarico, lona preta estendida no chão, duas barras de ferro e bateria.

Postar um comentário