SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quinta-feira, 24 de abril de 2014

DISPUTA POR T'RÁFICO VOLTA A FECHAR ESCOLAS E POSTOS DE SAÚDE NO RS

G1 24/04/2014 17h18

Disputa por tráfico volta a fechar escolas e postos de saúde no RS. Diretores de escola e creche liberaram alunos mais cedo, em Porto Alegre. Vila Cruzeiro terá policiamento reforçado por tempo indeterminado, diz BM.

Estêvão Pires e Natália FruetDo G1 RS e RBS TV



Escola com portas fechadas na Vila Cruzeiro
(Foto: Ivani Schütz/RBS TV)

Pelo segundo dia consecutivo, instituições de ensino e postos de saúde fecharam as portas devido ao temor de confrontos entre duas fações de traficantes, na Vila Cruzeiro, um dos maiores bolsões de pobreza da Zona Sul dePorto Alegre. Segundo a Brigada Militar, houve reforço no policiamento na região, o que conteve tiroteios, mas a “sensação de insegurança” fez os locais encerrarem atividades mais cedo.

“Está tudo normal, tranquilo. Estamos com patrulhas na região. Uma escola, uma creche e a Unidade Básica de Sáude funcionaram até o meio dia, mas as direções ficaram receosas com a insegurança e liberaram alunos e funcionários antes do horário normal”, disse ao G1 a tenente-coronel Cristine Rasbold, comandante da Brigada Militar na região.

Após prisões de dois suspeitos de envolvimento com grupos rivais nesta semana, a BM admite não ser possível determinar se ainda há risco de novos confrontos, mas garante: haverá reforço no policiamento da região por tempo indeterminado. “Só sairemos quando tivermos elementos suficientes que tranquilizem quanto à normalidade da região. Seguiremos realizando abordagem e apreensões”, assegurou Cristine.

Entre os presos está um suspeito de envolvimento em assassinatos cometidos durante o feriadão de Páscoa. Com ele, foram apreendidos um revólver de calibre 38 e munição.

O medo afeta as aulas da Escola Municipal de Educação Infantil Osmar dos Santos Freitas e da creche Maria Dolabella Portella chegou a abrir. A Secretaria Municipal de Saúde informou que foram fechados temporariamente as unidades básicas de saúde Cristal e Vila Cruzeiro, e a Unidade de Saúde da Família Cruzeiro do Sul.

Policiais militares realizam policiamento ostensivo na regiao (Foto: Ivani Schütz/RBS TV)


Postar um comentário