SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

sábado, 5 de abril de 2014

QUATRO ÔNIBUS SÃO INCENDIADOS EM MENOS DE 24 HORAS EM SC

DIÁRIO CATARINENSE 05/04/2014 | 11h45

Quatro ônibus são incendiados em menos de 24 horas no Estado. Quarto veículo queimado pertencia a uma empresa particular



Na noite de sexta, dois veículos já haviam sido queimados em CriciúmaFoto: Caio Marcelo / Agencia RBS
Mais um ônibus foi incendiado por volta das 0h10min em Criciúma, no Sul do Estado. O veículo da empresa Damyller estava estacionado em frente da casa do motorista, na rua Liberato Rocha, na Vila São João. Testemunhas viram quando dois homens em uma moto atearam fogo no veículo. Ninguém se feriu. Entre sexta-feira e sábado, quatro ônibus foram queimados.

O primeiro ataque ocorreu na sexta-feira, por volta das 18h30, na área continental deFlorianópolis, no bairro Monte Cristo. Um homem armado e usando uma máscara cirúrgica para proteger o rosto entrou no ônibus pela porta da frente e disse para as pessoas descerem que o coletivo seria incendiado. Em seguida, um outro homem entrou pela porta traseira e jogou um líquido no coletivo, que incendiou logo depois. Os dois fugiram a pé.

Por volta das 19h, em Criciúma, dois ônibus da empresa Expresso Forquilhinha também foram incendiados, um no bairro Jardim União e outro na Vila Manaus. O terceiro foi da empresa particular, na madrugada de sábado.




Foto: Vanilso da Silveira, divulgaçãoA Polícia Civil investiga os ataques e reacende o medo de que as ordens podem partir de dentro dos presídios, como ocorreu nas duas ondas de atentados a coletivos e prédios públicos, ocorridas em novembro de 2012 e fevereiro de 2013.




Postar um comentário