SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

terça-feira, 29 de abril de 2014

TAXISTA TENTA ESTUPRAR PATINADORA AMERICANA NO RS

ZERO HORA 29 de abril de 2014 | N° 17778


TENTATIVA DE ESTUPRO. Patinadora americana é atacada após festa



A polícia investiga quem foi o motorista que tentou estuprar uma patinadora norte-americana na região metropolitana de Porto Alegre, na madrugada de sexta-feira. A jovem de 25 anos, que teve a identidade preservada, é integrante do elenco do espetáculo Disney on Ice: Passaporte para a Aventura, que esteve em temporada na Capital durante a semana passada.

Em depoimento prestado à Polícia Civil de Eldorado do Sul, que investiga o caso, a artista disse que participou de uma festa em uma casa noturna do bairro Independência e, ao sair do local, teria embarcado em um veículo e pedido ao motorista que a levasse até o hotel onde estava hospedada com o restante da equipe.

Em vez de levar a passageira ao destino solicitado, o condutor a conduziu até a Estrada do Conde, onde tentou abusá-la. A mulher resistiu e entrou em luta corporal com o agressor, conseguindo sair do carro. O criminoso fugiu, e ela buscou ajuda de um vigia que estava ali perto.

O delegado Alencar Carraro disse que a patinadora estava na festa acompanhada de uma brasileira, funcionária da empresa produtora do espetáculo, e teria entrado no carro apontado pela acompanhante, que se despediu e foi para casa.

A polícia apura se o condutor seria alguém da própria festa que teria oferecido carona ou um motorista particular, vinculado a alguma empresa. Foram colhidas imagens de câmeras de segurança, e algumas testemunhas foram ouvidas, mas o delegado ainda não tem suspeitos. A jovem retornou aos Estados Unidos no domingo, após o encerramento da temporada de espetáculos no Estado.


ZERO HORA 30 de abril de 2014 | N° 17779

PATINADORA ATACADA. Investigadas imagens de câmeras de segurança



A Delegacia da Polícia Civil de Eldorado do Sul, na Região Metropolitana, analisa imagens de câmeras de segurança e antecedentes criminais de possíveis suspeitos para identificar o responsável pela tentativa de estupro a uma patinadora norte-americana. A jovem, de 25 anos, cuja identidade é preservada, foi atacada na madrugada de sexta-feira, após sair de uma casa noturna no bairro Independência, em Porto Alegre.

A vítima estava no Rio Grande do Sul como integrante do espetáculo Disney on Ice: Passaporte para a Aventura. Em depoimento, ela relatou que havia saído da festa e embarcado em um veículo, pedindo que o motorista a deixasse no hotel onde estava hospedada com o restante da equipe, na Capital. O condutor, porém, a levou para a Estrada do Conde, em Eldorado do Sul, onde tentou abusá-la. A vítima buscou ajuda com um vigia nas proximidades, e o agressor fugiu.

– A versão dela é congruente. Ela tinha roupas sujas, foi vítima de uma tentativa de estupro – disse o delegado Alencar Carraro, titular da Delegacia de Polícia de Eldorado do Sul, que instaurou inquérito.

O exame de corpo de delito apontou que a patinadora teve apenas escoriações. O consulado local foi comunicado do caso.

Atualmente, o delegado trabalha com um possível trajeto e com características do veículo do agressor. Uma das possibilidades é que o agressor seja motorista de táxi. O Sindicato dos Taxistas de Porto Alegre (Sintáxi) colocou à disposição da DP o cadastro de seus associados, para auxiliar na elucidação do crime e orienta que o usuário sempre verifique se o veículo tem prefixo, faixa lateral e taxímetro.
Postar um comentário