SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quarta-feira, 9 de abril de 2014

TRIO ENCAPUZADO DISPARA 50 VEZES PARA EXECUTAR UM HOMEM




ZERO HORA 09 de abril de 2014 | N° 17758


EMBOSCADA NO VALE DO SINOS. Trio dispara 50 vezes para matar homem




Um dos envolvidos em um tiroteio na manhã de ontem em Novo Hamburgo, no Vale do Sinos, é um conhecido traficante do Estado. Jair de Oliveira, 42 anos, chamado de Jair Cabeludo, foi vítima de uma emboscada, segundo a polícia. Ele foi surpreendido por três homens encapuzados por volta das 7h30min quando chegava com seu Hyundai Veloster, avaliado em mais de R$ 70 mil, na autopeças da qual é proprietário no bairro Santo Afonso.

Sérgio Jacobs Dorr, 63 anos, que seria sócio de Cabeludo em outro negócio no mesmo bairro, também ficou ferido na troca de tiros.

O titular da Delegacia de Homicídios, Enizaldo Plentz, acredita que os atiradores vieram para matar Cabeludo e que Dorr foi vítima por estar no lugar errado. O delegado acredita que vingança de rivais ou mesmo de parceiros de crime possa ser a principal motivação para a tentativa de assassinato de Cabeludo, que está em liberdade desde 2012.

– Contraditoriamente, Cabeludo passa a ser vítima, e só com o desenrolar da investigação saberemos se essa condição muda – explica Plentz.

De acordo com o relato de testemunhas à polícia, os três homens desceram atirando de uma Hotlander prata. Os bandidos atiraram, pelos menos, 50 vezes e estavam com armas de grosso calibre.

No local do crime foram encontrados cartuchos de pistolas calibres 9 mm, 40 mm e .380.

A polícia também obteve a informação de que os bandidos portavam uma submetralhadora, mas que não foi usada na ação.

Cabeludo foi atingido por dois tiros no braço e um nas costas. Encaminhado ao Hospital Municipal de Novo Hamburgo logo foi transferido para um hospital privado. A família preferiu fazer a transferência por medo de represálias.

Já Dorr, atingido por um tiro na perna, não quis esperar atendimento na casa de saúde, segundo afirmou a assessoria do hospital.





Postar um comentário