SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

sexta-feira, 9 de maio de 2014

A SEGURANÇA PÚBLICA NA COPA

O SUL Porto Alegre, Sexta-feira, 09 de Maio de 2014.


WANDERLEY SOARES


Pelo menos em relação ao efetivo das organizações policiais, o esquema está definido


A segurança durante os jogos da Copa do Mundo em Porto Alegre contará com 5.235 policiais. O anúncio foi feito, ontem, pelo secretário extraordinário da Assessoria de Segurança da Copa da Secretaria de Segurança Pública, coronel Erlo Pitrosky, durante encontro com representantes de consulados de mais de vinte países no Galpão Crioulo do Palácio Piratini. A maior parte do efetivo será de policiais militares, 2.346. Depois vem a Polícia Civil, com 700 agentes. Como é sabido, dois mil PMs serão deslocados do interior para a Capital. Os próprios consulados passaram uma estimativa de que 101 mil turistas venham ao Rio Grande do Sul durante a Copa, a maioria argentinos, além de uruguaios, chilenos, nigerianos e australianos. Sigam-me


Café


O anúncio do coronel Pitrosky para os representantes de consulados, no todo ou em parte, furou a programação do Comando-Geral da Brigada Militar que promoverá um "café da manhã" com a imprensa a ser realizado na próxima terça-feira, dia 13, no Quartel-Geral da Corporação, na rua da Praia. A pauta do café: "Copa do Mundo de 2014 e outras questões relacionadas com a segurança". Seguramente, as informações serão requentadas


Policial ferido


Criminosos renderam e balearam um sargento dentro de um posto da Brigada Militar em Coxilha, no Norte do Estado. O sargento estava sozinho no local e levou um tiro de raspão na cabeça. Os bandidos fugiram com a arma do policial, que foi internado no hospital de Passo Fundo. Menos de uma hora após o ataque, a Brigada conseguiu localizar os assaltantes em uma EcoSport na BR-285. A arma roubada foi recuperada.


Privacidade


Detentos do Presídio Estadual de Bento Gonçalves, Serra Gaúcha, promoveram um tumulto na manhã de ontem. Conforme a Brigada Militar, os presos não aceitaram uma revista e iniciaram a confusão com queima de colchões. Os presidiários não gostam de que a sua privacidade seja devassada.


Tráfico


Agentes do Denarc prenderam ontem 11 pessoas ligadas ao tráfico de entorpecentes nos bairros Restinga e Bom Jesus, em Porto Alegre, Canoas e Sapiranga. Foi apreendido armamento de grosso calibre pertencente aos grupos.


Escudo da bandidagem


Uma operação policial na vila Pedreira, em Esteio, na manhã de ontem, acabou em revolta popular. Depois que cinco homens e uma mulher foram presos com drogas e armas, em torno de 60 pessoas cercaram a delegacia local. Os detidos foram retirados da DP com o auxílio do GOE e da Brigada Militar. Segundo o delegado Leonel Baldasso, a revolta foi forjada. Eram, em sua maioria, mulheres e crianças indignadas com as prisões. O cerco durou pelo menos uma hora. Os portões da delegacia foram fechados para evitar uma invasão. Não houve dano, sobretudo com a chegada do reforço policial. O uso de mulheres e crianças como escudo é uma das estratégias da bandidagem, mas há algum tempo não ocorria um tumulto de tanto vulto.


VIDEO R7

Postar um comentário