SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quinta-feira, 1 de maio de 2014

ARSENAL APREENDIDO

Do G1 RS 30/04/2014 20h34

Arsenal com 15 armas é apreendido em garagem de Passo Fundo, RS. Homem de 49 anos é suspeito de adulterar e comercializar o material. Armas são vendidas a pessoas envolvidas em roubos na cidade gaúcha.



Arsenal tinha nove espingardas e um fuzil (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Um arsenal com 15 armas de fogo, entre elas nove espingardas e um fuzil, foi apreendido na manhã desta quarta-feira (30) em Passo Fundo, no Norte do Rio Grande do Sul, informou a Polícia Civil. Um homem de 49 anos é suspeito de adulterar as armas e vender para pessoas envolvidas em roubos na cidade. Ele não estava no local no momento da ação.

As armas foram encontradas em uma oficina no bairro Vera Cruz. A polícia apreendeu três revólveres, duas pistolas, nove espingardas de vários calibres e um fuzil calibre 7.62, além de miras telescópicas e cerca de 1 mil balas de diversos calibres. Não foram encontrados ou apresentados à polícia documentos de credenciamento para trabalhar com armas e munições, e nem documentos de cada arma.

A operação foi realizada pela Delegacia de Furto, Roubos e Capturas (Defrec) de Passo Fundo. As armas apreendidas serão catalogadas, e a polícia tentará identificar a procedência.

A polícia informou ainda que o comércio e a adulteração de armas e munições tem pena de 4 a 8 anos de reclusão. O suspeito ainda pode ter de responder pela situação de cada arma apreendida, conforme previsto na Lei das Armas.
Postar um comentário