SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

domingo, 18 de maio de 2014

EXECUTADO HOMICIDA PRESO PREVENTIVAMENTE E SOLTO PELA JUSTIÇA


DIÁRIO GAÚCHO 16/05/2014 | 15h22

Homem é morto a tiros no Bairro Santa Cecília, em Viamão. Alexandre da Silva Machado estava preso preventivamente, suspeito de homicídio, e havia sido solto há dois dias


Carlos Ismael Moreira


Um homem foi morto a tiros no final da noite de quinta-feira, no Bairro Santa Cecília, em Viamão. O corpo de Alexandre da Silva Machado, o Nego Aranha, 36 anos, foi encontrado com marcas de pelo menos 11 disparos, na Rua das Margaridas, por volta das 7h de hoje. Alexandre havia saído da cadeia há dois dias. Ele estava preso preventivamente na Penintenciária Estadual de Charqueadas, suspeito de um homicídio cometido em janeiro de 2013, em Alvorada, mas a Justiça determinou sua soltura por falta de provas.

O corpo de Nego Aranha foi achado caído junto ao muro de uma residência. De acordo com o chefe de investigação da Delegacia de Homicídios de Viamão, José Patriarca, a suspeita é de que ele tenha corrido para fugir dos tiros, mas acabou tombando antes de conseguir entrar no pátio. No local, a perícia recolheu cápsulas de pistola .40 e 9mm.
Moradores que ouviram disparos relataram a polícia que o crime teria ocorrido por volta das 23h de quinta, mas a vítima só foi encontrada hoje pela manhã, quando os donos da residência saíam para trabalhar. A polícia não tem suspeitos e ainda investiga a motivação do assassinato.

- Não sabemos se foi por alguma dívida dele com criminosos ou alguma desavença do período em que ficou na cadeia - explicou Patriarca.

Segundo a polícia, além da suspeita de homicídio, Alexandre tinha antecedentes por ameaça e furto.


DIÁRIO GAÚCHO

Postar um comentário