SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quinta-feira, 5 de junho de 2014

ENTRE A COPA E O TRIBUNAL

O SUL Porto Alegre, Quinta-feira, 05 de Junho de 2014.


WANDERLEY SOARES


Vaga no Tribunal de Justiça Militar do RS agita o sono de parte da família brigadiana



No próximo dia 21, o coronel João Vanderlan Rodrigues Vieira, juiz do Tribunal de Justiça Militar do RS (o Tribunal da Brigada) completará 70 anos de idade e alcançará a aposentadoria compulsória. Sua cadeira tem quatro postulantes diretos, que são os coronéis Fábio Duarte Fernandes, comandante geral da Brigada; Oscar Luís Moiano, chefe da Casa Militar do Piratini; Júlio Cesar Marobin, coordenador da Polícia Comunitária, e Luis Olavo Vinícius Lara, do TCE (Tribunal de Contas do Estado). Detalhe curioso é o de que o deputado Raul Pont (PT) tem preferência por um dos coronéis, mas, ao mesmo tempo, tem se mostrado favorável à extinção daquela Corte.


Em meio à efervescência da Copa, que torna tensos todos os setores da segurança pública, a disputa pela vaga no Tribunal da Brigada, cujo vencedor continuará a vestir a farda, mas com soldo e status de magistrado e ficará na ativa até completar 70 anos de idade, está tirando o sono de parte significativa da família brigadiana. A decisão é de fato e de direito monocrática e está na cabeça e na caneta do governador Tarso Genro.


Comenda


Nas comemorações do aniversário do 19 Batalhão da Polícia Militar a comandante da unidade, tenente coronel Nádia Rodrigues Gerhard, entregou uma comenda em honra por serviços prestados ao vereador de Porto Alegre Kevin Krieger (PP), um dos coordenadores da campanha de Ana Amélia Lemos ao Piratini.


Bicicletas


Acontecerá hoje, às 9h, a entrega de 37 bicicletas e uniformes doados pelo Sindpoa (Sindicato da Hotelaria e Gastronomia de Porto Alegre) para a Secretaria da Segurança Pública. A cerimônia será na ala Norte do predião da SSP (Avenida Voluntários da Pátria, 1358).


Anotações


A Polícia Federal realizou o que considera ser a maior apreensão de drogas do ano no Estado. Foram apreendidos 140 quilos de cocaína em Eldorado do Sul. Um homem foi preso; um casal foi detido por agentes do Denarc (Departamento de Investigação do Narcotráfico) em Venâncio Aires com 50 quilos de maconha. A droga estava em um Fiat Uno parado pela fiscalização, perto da praça de pedágio da RS-287, no Vale do Rio Pardo; no Vale dos Sinos, houve apreensão de 17 quilos de crack; um adolescente de 14 anos foi flagrado portando uma espingarda, com munição, dentro da sala de aula de uma escola no bairro Restinga, Zona Sul de Porto Alegre; a Brigada Militar apreendeu mais de 630 quilos de maconha na BR-468, em Bom Progresso, na Região Noroeste do Estado. Dois homens foram presos


Estranha história


Foi preso o homem apontado como o autor da morte da jovem Kimberly Ruana Ruckert, de 22 anos, em Palmeira das Missões, em 12 de abril. Segundo a polícia, o acusado, de 30 anos, conhecia a vítima e não tinha antecedentes criminais. Ele disse aos policiais que Kimberly teve um mal súbito dentro do carro em que estavam. Alegou que temeu ser apontado como o autor da morte e ateou fogo no carro para tentar apagar digitais. O corpo foi encontrado queimado dentro do Ford Ka de propriedade da mãe da vítima, a escrivã da Polícia Civil Regiane Ruckert.

Postar um comentário