SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

sexta-feira, 6 de junho de 2014

MORTE DE ASSALTANTES FAZ PARTE DA GUERRA

ZERO HORA Atualizada em 06/06/2014


por Vanessa Kannenberg


Carro forte. "Morte de assaltantes faz parte da guerra", diz Policia Civil. Chefe de Investigação da Delegacia de Roubos, Rafael Scott Marinho, diz que a operação foi 100% exitosa porque nenhum "homem de bem" ficou ferido


Foto: Vanessa Kannenberg / Agência RBS

Na mira de uma das mais importantes e atuantes quadrilhas de assalto a carro forte, a Polícia Civil conseguiu impedir o assalto na manhã desta sexta-feira.

Mesmo com três assaltantes mortos e apenas um ferido, que foi preso, a operação foi considerada 100% exitosa pelo Chefe de Investigação da Delegacia de Roubos (Deic), Rafael Scott Marinho.

— Consideramos um sucesso quando nenhuma pessoa de bem, ou seja, quem não tem nada a ver com isso ou policias, não se ferem, e foi o caso de hoje — avalia Marinho.

Segundo o Chefe de Investigação, a polícia já monitorava a quadrilha e tinha informações de que agiriam na região há mais de um mês. Cerca de 20 policiais participaram da operação nesta sexta-feira.

Foram eles que provocaram o confronto e eles mesmo não conseguiram se proteger _ salienta Marinho.
Postar um comentário