SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quarta-feira, 25 de junho de 2014

NOSSOS HERMANOS

 O SUL Porto Alegre, Quarta-feira, 25 de Junho de 2014.


WANDERLEY SOARES


Não haverá carmelitas atacadas por bárbaros


Da água-furtada de minha torre, como um humilde marquês, me permito observações sobre a Copa, mas sem entrar em campo. Aponto que a chegada de nossos hermanos argentinos em Porto Alegre provoca em algumas pessoas, até mesmo em setores da mídia, uma paranóia que monta um cenário em que um convento de carmelitas é invadido por uma legião de bárbaros. Ora, os holandeses fizeram uma festa fantástica, inesquecível, ao ocupar todos os espaços do Centro Histórico, do Largo Glênio Peres ao Beira-Rio, sem que nenhum susto houvesse. Os argentinos chegam com o mesmo objetivo. Desordeiros, vândalos, mascarados ou não, temos aqui de sobra e cada vez mais a partir de cada Gre-Nal, para falar apenas de futebol. Tudo o que possa acontecer faz parte de um momento excepcional para todos nós, para quem gosta e para quem não gosta. Não estamos na recepção de selvagens, estamos hospedando nossos hermanos e nós, gaúchos, sempre fomos mestres nisso.


Copa (2)


Um homem foi preso em flagrante, durante a madrugada de ontem, portando um revólver durante a festa dos torcedores argentinos na rua Lima e Silva, no bairro Cidade Baixa. O pistoleiro foi identificado como Miguel Pedro da Cunha Pinto de Souza, 24 anos, bem brasileiro com antecedentes por roubo e posse de drogas. Ao ser abordado pela Brigada Militar, Miguel ainda tentou sacar de sua arma, que estava carregada. Nada a ver com os argentinos.


Copa (3)


Desde o início da Copa em 12 de junho, 22 turistas estrangeiros foram vítima de ladrões em Porto Alegre: 18 casos de furto e quatro de roubo. A maioria dos crimes ocorreu nos arredores do Centro Histórico da Capital. Para o comandante do Policiamento da Capital e do Batalhão Copa, coronel João Diniz Godoi, os casos de crimes envolvendo turistas está dentro do risco calculado.

(...)


Copa (5)


No meio do fragor da Copa, uma notícia excelente para todos os brasileiros nos campos da política, dos esportes, da educação, da saúde, da higiene mental, da segurança pública, enfim, da simples decência: José Sarney (PMDB), senador postiço pelo Amapá, anunciou que não pretende disputar mais eleições. Como ele é "imortal", deve haver algum plano atrás desta decisão.


Esvaziamento


O Denarc (Departamento de Investigação do Narcotráfico) prendeu, ontem, um jovem com revólver, munição e anabolizantes no bairro Rubem Berta, na Zona Norte da Capital. Todo o material apreendido estava no quarto do moço de 22 anos. A ação foi coordenada, durante 30 dias, pelo delegado Sander Cajal. O garotão já está no Presídio Central que, segundo o Piratini, está em processo de esvaziamento.
Postar um comentário