SEGURANÇA PÚBLICA - CONCEITO E OBJETIVO

No Sistema de Justiça Criminal, cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia do sistema depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O Sistema de Justiça Criminal envolve leis claras e objetivas, prevenção de delitos, contenção, investigação, perícia, denuncia, defesa, processo legal, julgamento, sentença e a execução penal com objetivos e prioridades de reeducação, reintegração social e ressocialização do autor de ilicitudes. A finalidade do Sistema é garantir o direito da população à Justiça e à Segurança Pública, a celeridade dos processos e a supremacia do interesse público em que a justiça, a vida, a saúde, o patrimônio e o bem-estar das pessoas e comunidades são prioridades.

quarta-feira, 18 de junho de 2014

SEQUESTRO RELAMPAGO, O ALÍVIO DEPOIS DE HORAS DE TERROR



ZERO HORA 18 de junho de 2014 | N° 17832


JULIANA BUBLITZ



SEQUESTRO RELÂMPAGO. O alívio da família depois de assalto

MULHER DO SENADOR SIMON foi abordada e levada por assaltantes quando chegava em casa no bairro Petrópolis



Foi em dose dupla ontem a comemoração na casa da família Simon, depois de um grande susto em Porto Alegre. Vítima de um sequestro-relâmpago na noite de segunda-feira, Ivete Simon, 53 anos, celebrou com o marido, o senador Pedro Simon, 84 anos, o aniversário do filho e o desfecho do ataque, do qual saiu ilesa.

Ivete havia estacionado o carro na residência do casal, no bairro Petrópolis, quando foi abordada por criminosos por volta das 22h. Foi mantida refém e libertada em uma vila só no início da madrugada, sem ferimentos, mas em pânico (leia entrevista abaixo).

Ontem, depois de prestar depoimento, ela reservou o dia ao marido, à filha adotiva Ana Clara, 10 anos, e, em especial, ao filho Pedro, que completou 20 anos. Na noite de segunda, ao saber que a mãe havia sido levada da frente de casa, Pedro correu atrás com Aladim, seu buldogue francês, na tentativa de resgatá-la. Foi o primeiro a abraçá-la na volta.

– Ter minha mãe de volta com vida foi o melhor presente que eu poderia ter recebido – disse Pedro.

O senador, que faz parte da Ordem Terceira de São Francisco, acendeu duas velas ao santo para pedir proteção à mulher e foi à 8ª Delegacia de Polícia Civil na madrugada. Fez questão de agradecer à equipe chefiada pela delegada Vandi Lemos Tatsch:

– A polícia foi sensacional. Graças a Deus, terminou tudo bem.

Até ontem, nenhum suspeito havia sido preso, mas os investigadores trabalhavam na reconstituição do trajeto dos assaltantes. Como o veículo tinha rastreador, será possível conhecer detalhes do itinerário durante o sequestro.

– É uma questão de tempo até chegarmos aos responsáveis. A dona Ivete não viu o rosto deles, mas temos outras ferramentas para identificá-los – afirmou Vandi.

COMENTÁRIO DO BENGOCHEA -Felizmente, a senhora do senador saiu com vida. Mas vale alertar e lembrar. Em assaltos como este de sequestro-relâmpago, apesar da vida ser preservada, fica gravado um filme de terror no fundo da mente das pessoas com graves consequências psíquicas, físicas, instintivas emocionais. Que digam os doutores especialistas. Este fato envolveu familiar de um parlamentar que ajudou a aprovar no Congresso a Lei 12.403/2011 que está soltando o bandidos, deixando os crimes impunes e estimulando o aumento da violência. fazendo os policiais arriscaram a vida em dobro. Além disto, os parlamentares, apesar de normativos e fiscais do Executivo, estão sendo omissos e coniventes com colapso das leis, da justiça e da segurança no Brasil.


INDIGNAÇÃO DE UM PROMOTOR..

"Após 15 anos de atuação na área criminal estou pensando seriamente em abandonar a área com a nova LEI 12.403/2011 aprovada pelo CONGRESSO NACIONAL e sancionada em 05/05/2011 pela Presidente DILMA ROUSSEF e pelo Ministro da Justiça JOSÉ EDUARDO CARDOZO. Quem não é da área, fique sabendo que em 60 dias (05/07/2011) a nova lei entra em vigor e a PRISÃO EM FLAGRANTE E PRISÃO PREVENTIVA SOMENTE OCORRERÃO EM CASOS RARÍSSIMOS, aumentando a impunidade no país." Promotor Giovani Ferri






Postar um comentário